Médico de Maradona é suspeito de homicídio por negligência

Casa e consultório do médico do astro argentino foram alvo de buscas nas últimas horas.

A morte de Diego Maradona colocou o futebol de luto e está agora no centro de uma polémica. O médico do antigo craque argentino é agora suspeito de homicídio por negligência, informa a imprensa argentina.

Nas últimas horas, a casa e o consultório do médico que operou El Pibe a um coágulo no cérebro foram alvo de buscas às primeiras horas da manhã. A operação aconteceu depois das três filhas do jogador terem sido ouvidas pelas autoridades. Nas buscas, a polícia procurou a história clínica e outros documentos relacionados com o internamento de Diego Maradona.

A imprensa argentina conta ainda que antes do antigo jogador ter recebido alta, a psiquiatra que o acompanhava recomendou que, em casa, Maradona deveria ter tido a presença permanente de um neurologista e outro clínico além de uma ambulância com desfibrilhador. No dia em que o campeão do mundo em 1986 morreu, nada disso estava garantido. A justiça da Argentina abriu um processo de inquérito às circunstâncias do óbito.

Diego Armando Maradona faleceu na quarta-feira, vítima de uma paragem cardiorrespiratória. Tinha 60 anos. A morte do astro argentino deixou o futebol mundial de luto.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de