Médio Javi García rescinde contrato com Boavista

Jogador somou 44 jogos e dois golos em duas temporadas no Boavista.

O médio internacional espanhol Javi García, que estava vinculado até 2022/23, rescindiu por mútuo acordo com o Boavista, anunciou esta terça-feira o clube da I Liga de futebol, oficializando a terceira saída na preparação da próxima época.

"O Boavista agradece o profissionalismo e a dedicação com que Javi García serviu esta instituição centenária, desejando-lhe as maiores felicidades para os desafios que se seguem", frisam os 'axadrezados', em comunicado publicado no sítio oficial na Internet.

Javi García, de 35 anos, somou 44 jogos e dois golos em duas temporadas no Boavista, após uma passagem pelo Betis (2017-2020), antecedida pela conquista de campeonatos com os russos do Zenit (2014-2017) e os ingleses do Manchester City (2012-2014).

Formado no Real Madrid, o médio competiu na equipa principal dos 'merengues' (2004-2007 e 2007-2009) e esteve cedido ao Osasuna (2007/08), até se mudar para o Benfica (2009-2012), no qual venceu uma edição da I Liga portuguesa e três Taças da Liga.

De acordo com a imprensa, Javi García prepara-se para encerrar a carreira de jogador e regressar à Luz como adjunto do recém-chegado treinador alemão Roger Schmidt.

O Boavista, que terminou a I Liga na 12.ª posição, com 38 pontos, já tinha oficializado o fim do período de empréstimo do avançado croata Petar Musa, que, posteriormente, abandonou os checos do Slavia Praga para assinar pelo Benfica, e tem um princípio de acordo para a venda do defesa equatoriano Jackson Porozo aos franceses do Troyes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de