"Obstáculos financeiros e estruturais." Messi sai do Barcelona

Jogador pode mudar pela primeira vez de clube, aos 34 anos, e depois de 672 golos, 778 jogos e 34 títulos na equipa principal dos catalães.

O argentino Lionel Messi não vai continuar a representar o Barcelona, anunciou esta quinta-feira o clube catalão através de comunicado.

"Apesar de o FC Barcelona e Lionel Messi terem chegado a um acordo, e da clara intenção de ambas as partes em assinar hoje um novo contrato, tal não pode acontecer devido a obstáculos financeiros e estruturais (regulamento da Liga Espanhola)", informa o clube no site oficial.

Assim, Messi "não poderá permanecer no FC Barcelona", um episódio que ambas as partes dizem lamentar "profundamente".

O Barcelona agradece ao jogador "toda a sua contribuição para engrandecer o clube e deseja-lhe o melhor para o futuro na sua vida pessoal e profissional."

A ligação entre Lionel Messi e o Barcelona começou na época de 2000/2001, quando o argentino chegou à Catalunha, então com 13 anos, e assinou o seu primeiro contrato num guardanapo.

A estreia em jogos oficiais pela equipa principal chegaria a 16 de outubro de 2004, aos 17 anos, num jogo frente ao Espanyol, também de Barcelona. No entanto, foi no estádio do Dragão, no Porto, que o astro argentino entrou em campo pela primeira vez para um jogo da equipa principal do Barcelona: tinha 16 anos, quatro meses e 23 dias quanto defrontou o FC Porto de José Mourinho, em novembro de 2003.

Desde aí foi sempre a subir: dez ligas espanholas, sete Copas de Rey, sete Supertaças de Espanha, três Campeonatos do Mundo de Clubes, quatro Ligas dos Campeões e três Supertaças Europeias.

Ao todo, são mais de 778 jogos oficiais ao serviço dos catalães, nos quais marcou 672 golos e fez 292 assistências.

E o palmarés ao serviço da Argentina também é assinalável: uns Jogos Olímpicos, um Mundial sub-20 e uma Copa América, troféu que conquistou já neste verão.

Os prémios individuais também ajudam a escrever a história daquele que é, para muitos, o melhor jogador da história do futebol: quatros Bolas de Ouro da FIFA, um prémio de Melhor Jogador do Mundo, dois Ballon d'Or e um prémio The Best.

Messi já tinha tentado deixar o Barcelona em agosto do ano passado, mas nas últimas semanas o clube e os adeptos criaram a expectativa de que o jogador assinaria um novo contrato por cinco épocas, válido até 2026, altura em que o jogador teria 39 anos. É um jogador livre desde 30 de junho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de