Miguel Oliveira confirma contacto com a Gresini mas diz que "nada está decidido"

Em declarações ao sítio oficial do MotoGP, o piloto disse que o objetivo da sua carreira é "pilotar uma mota que seja capaz de vencer corridas".

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) afirmou esta quarta-feira que procura "uma mota que seja capaz de ganhar corridas" na próxima temporada do Mundial de MotoGP, confirmando ter tido uma reunião com a equipa Gresini.

"O meu objetivo é pilotar uma mota competitiva. E esse é o caso da Ducati neste momento. Parece que há um lugar disponível no Team Gresini", disse Miguel Oliveira em declarações ao sítio oficial do MotoGP, confirmando ter tido "um pequeno encontro" com os responsáveis da equipa, para se "conhecerem mutuamente".

O piloto luso sublinha que "ainda não há nada sério", pelo que mantém "o futuro em aberto".

"O meu objetivo é pilotar uma mota que seja capaz de vencer corridas", garantiu.

Miguel Oliveira disse ainda que espera ter o futuro resolvido "dentro de uma ou duas semanas".

A KTM, marca à qual está ligado até ao final da temporada, ofereceu ao português um lugar na equipa satélite, a Tech3, a partir de 2023, que Miguel Oliveira recusou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de