Modric sucede a Ronaldo. Croata vence o The Best e faz a dobradinha

Médio croata foi distinguido na noite desta segunda-feira em Londres.

Foi um mês em cheio para Luka Modric: depois de, a 30 de agosto, ter vencido o prémio de Melhor Jogador da Europa, foi coroado The Best na noite desta segunda-feira.

O jogador croata, de 33 anos, conquistou esta segunda-feira, pela primeira vez, o prémio The Best, entregue pela FIFA para distinguir o melhor jogador do mundo.

Em Londres, o órgão máximo do futebol mundial decidiu distinguir Modric como o melhor jogador da época 2017/2018, em que venceu a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes pelo Real Madrid.

Além disso, Modric fez história pelo seu país: capitaneou a seleção nacional que chegou, pela primeira vez na história croata, à final de um Mundial.

Salah levou o prémio Puskás para casa

O extremo egípcio Mohammed Salah, do Liverpool, foi o vencedor do prémio Puskás. O jogador de 26 anos viu o seu golo, marcado ao Everton num dérbi de Liverpool, ser distinguido.

Didier Deschamps é o melhor treinador do ano

O selecionador francês, que levou os gauleses à conquista do Mundial 2018, foi eleito o melhor treinador do ano. Didier Deschamps, de 49 anos, juntou-se a um clube restrito, do qual só fazem parte Zagallo e Franz Beckenbauer, como os únicos a ganharem o Mundial como jogador e como treinador.

Onze do ano

Nesta gala da FIFA foram eleitos os 11 melhores jogadores da época, naquela que seria a equipa perfeita. São eles: David De Gea (Manchester United), Daniel Alves (PSG), Raphael Varane (Real Madrid), Sergio Ramos (Real Madrid) e Marcelo (Real Madrid); Luka Modric (Real Madrid), N"Golo Kanté (Chelsea), Eden Hazard (Chelsea), Lionel Messi (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Juventus) e Kylian Mbappé (PSG).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de