Futebol

Portugal vence China por 2-0 mas ouve assobios

Num jogo de preparação para o Mundial 2010, Hugo Almeida e João Moutinho assinaram o resultado (2-0). No entanto, a equipa de Queiroz não convenceu os adeptos.

A selecção das "quinas" bateu, esta quarta-feira, a China por 2-0, num encontro de preparação para o Mundial 2010 de futebol, em Coimbra. Hugo Almeida e João Moutinho fizeram o resultado.
 
Se até ao intervalo Portugal justificava a goleada contra a 83.ª selecção do Mundo, uma segunda parte confrangedora acabou com a paciência dos adeptos, que assobiaram nos últimos 15 minutos.
 
A ideia era defrontar uma selecção com estilo de futebol e valor semelhante à Coreia do Norte, adversária lusa no Mundial 2010, mas, apesar de 26-4 em remates, o resultado não foi o melhor.
   
A China revelou-se uma equipa frágil e o jogo tinha sentido único, mas o guarda-redes Zhang Lu revelou-se sempre atento, negando várias oportunidades: Hugo Almeida (10 e 18), Nani (6, 15 e 22) e Cristiano Ronaldo (7, e 22) também foram perdulários.
   
Quando Portugal acelerava, a estrutura da China abanava e aos 20 foi Rong Hao a negar o golo a Simão com corte em cima da linha fatal.
   
O golo inaugural teve mérito do “capitão” Cristiano Ronaldo, que, em esforço, conquistou uma bola no meio campo e partiu para rápido contra-ataque, em superioridade numérica, servindo depois Hugo Almeida, que atirou de primeira para o fundo das redes, fazendo o sétimo golo na selecção.  
 
Aos 39, Duda atirou à trave num livre a 30 metros e, aos 43, Hugo Almeida não conseguiu bater Zhang Lu na pequena área.
   
A China, que não conseguia sair a jogar sob pressão, foi duas vezes à frente com relativo perigo: na primeira, Qu Bo aproveitou a ausência de Duda para atirar às malhas laterais e em cima do intervalo foi Wang Qiang a obrigar Eduardo a mostrar valor.
     
Raul Meireles (66), após trabalho de Varela, atirou ao poste, mas pouco mais se viu de Portugal no segundo tempo.
   
A China cresceu nos últimos 15 minutos e Wang Gang reclamou penalti aos 85 em lance disputado com Rolando e dois minutos depois Jiang Ning quase bateu Hilário. 
 
No último lance da partida, no fim de um “longo” período de compensação, João Moutinho atirou de fora da área e fez o segundo golo da noite.
 
Num jogo realizado no Estádio Cidade de Coimbra, perante cerca de 20 000 espectadores, e arbitrado por Djamel Haimoudi (Argélia), as equipas alinharam da seguinte forma:
 
Portugal: Eduardo (Hilário, 46), Paulo Ferreira, Bruno Alves (Tonel, 63), Rolando, Duda (Miguel, 46), Raul Meireles, Tiago (Pedro Mendes, 46), Simão (João Moutinho, 46), Nani (Varela, 62), Cristiano Ronaldo (Liedson, 46) e Hugo Almeida.
 
Suplentes: Hilário, Miguel, Tonel, João Moutinho, Pedro Mendes, Varela e Liedson.
 
China: Zhang Lu, Cao Yang (Jiang Ning, 46), Du Wei, Wang Qiang, Rong Hao (He Yang, 73), Shao Jiayi (Zhao Xuri, 46), Qu Bo (Wang Gang, 62), Yu Hai (Hao Junmin, 53), Zhang Lipeng, Zheng Zhi (Liu Jianye, 73) e Gao Lin (Zhang Chengdong, 46).
 
Suplentes: Guan Zhen, Hao Junmin, Zhang Chengdong, Wang Gang, Jiang Ning, Liu Jianye, Zhao Xuri e He Yang.
   
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Wang Gang (67).