Na lista de prioridades de Rui Vitória, Jesus está atrás do "senhor das pipocas"

Na conferência de imprensa de balanço do último jogo da época o treinador do Benfica falou do técnico do Sporting. E não foi propriamente simpático. "Nós não jogámos contra ninguém".

"Nós somos diferentes." Foi assim que Rui Vitória começou a resposta a uma pergunta (das várias) sobre Jorge Jesus e as "picardias" constantes ao longo da época, e em relação ao comentário do técnico do Sporting que disse que não foi a melhor equipa que venceu o campeonato. Ora, Vitória começou por sublinhar a diferença e depois foi por aí fora.

"A minha forma de abordar a vida é diferente. Primeiro estão os meus jogadores, o meu presidente, a minha equipa técnica, a minha família, as pessoas que nos ajudam nos pequenos-almoços... E em 13º são capazes de estar os meus colegas antigos, em 18º os professores das minhas filhas, em 23º o motorista que me levou um dia até Fátima... Em 77º o vendedor de pipocas numa festa que eu estive, e lá para 90º o treinador do Sporting."

Ouça a declaração do treinador encarnado

00:0000:00

Rui Vitória sublinhou a felicidade que sente ao ser campeão e partilhou os louros: "Sinto uma satisfação e uma alegria imensas por ser campeão por este clube. Uma alegria imensa por poder partilhar isto, esta vitória, com todos os meus jogadores, equipa técnica e com o presidente. É um sentimento de grande alegria e de partilha, esta vitória é de muita gente, que trabalhou muito durante o ano."

Perante nova pergunta sobre o treinador do rival Sporting, que foi bicampeão pelo Benfica, Jorge Jesus, Rui Vitória foi muito direto: "Nós não jogámos contra ninguém, jogamos para nós, quisemos vencer por nós, pelos nossos adeptos, foi para todos os benfiquistas."

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de