Calcanhar de Bas Dost salva Sporting da derrota antes do dérbi

Leões jogaram mais de meia hora com 10 depois da expulsão de Ristovski. Jogador falha encontro com o Benfica marcado para domingo. Veja os golos.

O Vitória de Setúbal entrou no jogo com muita agressividade sobre o Sporting, que tinha no eixo mais recuado a dupla Petrovic-Coates. Mas a primeira oportunidade foi para a equipa de Marcel Keizer. Aos 9 minutos, Bas Dost falhou a baliza por centímetros, depois de um bom cruzamento do lateral Jefferson.

No lance seguinte, Petrovic deixou-se antecipar e travou o adversário de forma faltosa e viu o primeiro amarelo do encontro. Os sadinos não aproveitaram o lance para criar perigo para a baliza de Renan. O jogo ganhava ritmo e o Sporting aproveitava os espaços pelo lado esquerdo. Jefferson voltou a subir e cruzou para nova oportunidade desperdiçada pelo holandês Bas Dost.

Aos 23 minutos, o Vitória de Setúbal inaugurava o marcador. O Sporting perdeu a bola na área adversário e os sadinos aproveitaram. Rúben Micael fez um passe magistral para o extremo Cádiz que, com grande técnica e velocidade, trocou as voltas a Petrovic e marcou o primeiro da partida, batendo Renan sem qualquer oposição.

O Sporting tentou reagir mas pecava na definição e eficácia de passe. Bruno Fernandes e Raphinha tentavam carregar a equipa para a frente. Do outro lado, o Setúbal aproveitava as perdas de bola e a desconcentração defensiva dos leões para criar perigo junto à baliza de Renan.

A expulsão de Ristovski

Na segunda parte, o Sporting entrou com vontade de inverter o resultado mas aos 54 minutos ficou reduzido a dez unidades. Ristvski foi expulso por palavras depois de ter sofrido uma falta de Mendy, deixando a equipa a jogar com inferioridade numérica durante mais de meia hora. O lateral-direito falha assim o dérbi de sábado frente ao Benfica em Alvalade.

A expulsão de Ristovski obrigou Marcel Keizer a mexer na equipa. O técnico holandês tirou Doumbia e Raphinha e fez entrar Nani e Bruno Gaspar. O jogo perdia algum fulgor, com os treinadores muito ativos no banco. A 15 minutos do tempo regulamentar, Keizer arriscou tudo: tirou Petrovic do eixo da defesa e colocou o avançado Luiz Phellype, em busca da reviravolta.

A estratégia deu resultado. O Sporting conseguiu chegar ao empate por intermédio de Bas Dost que estava mais uma vez no sítio certo, à hora certa. Bruno Gaspar cruzou para a área e Cristiano socou a bola. No ressalto, Bruno Fernandes rematou e o avançado holandês, de calcanhar, desviou a bola para a baliza, empatando a partida a 10 minutos dos 90.

Já nos descontos, Bruno Fernandes teve uma grande oportunidade para adiantar os leões no marcador, num remate que obrigou Cristiano a esticar-se. Logo depois, o Vitória de Setúbal, num contra-ataque, permitiu o corte de Coates, perdendo igualmente uma oportunidade para marcar o segundo.

Os instantes finais da partida foram eletrizantes, com ambas as equipas a terem oportunidade para marcar. O empate manteve-se até ao apito final. Os leões deixaram 2 pontos no Bonfim e chega ao dérbi com menos cinco pontos que o Benfica.

Veja os lances e os golos:

O golo de Bas Dost aos 80'

A expulsão de Ristovski aos 54'

O golo de Cádiz aos 24'

Onze do Sporting: Renan; Ristovski, Coates, Petrovic, Jefferson; Bruno Fernandes, Wendel, Doumbia; Raphinha, Bas Dost, Diaby.

Onze do V. Setúbal: Cristiano; Mano, Dankler, Vasco Fernandes, André Sousa; Mikel, Rúben Micael, Nuno Valente; Zequinha, Jhonder Cádiz, Mendy.

Antes do início do jogo, soube-se que o presidente leonino, Frederico Varandas, aguarda no exterior do estádio até que entre o último adepto do Sporting. As queixas relativas à entrada de adeptos nos estádios levou o líder verde e branco a associar-se à causa.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de