"Não é fácil ganhar a uma equipa de padres." E os de Vila Real são tricampeões

Torneio realizado em Chaves juntou oito equipas de sete dioceses. Na final, os vila-realenses bateram o Bracara, de Braga, por 3-0.

A equipa da diocese de Vila Real venceu por 3-0 a formação do Bracara, da Diocese de Braga, e levantou a "Clericus Cup" pela terceira vez consecutiva, esta quarta-feira à tarde, em Chaves. É o quinto título dos vila-realenses em 15 edições da competição.

Cerca de uma centena de padres de oito equipas oriundas de sete dioceses do país estiveram envolvidos, entre segunda e quarta-feira, na disputa do troféu. A organização pertenceu, este ano, à Diocese de Vila Real. Miguel Santos, padre ordenado no passado domingo, disse à TSF que o principal objetivo é "o convívio, a alegria, a partilha de experiências e conhecer colegas de outras dioceses com realidades diferentes".

Mas pretende-se, ao mesmo tempo, mostrar que os padres também sabem jogar à bola. Não é por acaso que a Seleção Nacional do Clero já foi campeã europeia por cinco vezes. "As pessoas não têm essa noção, mas não é fácil ganhar a uma equipa de padres", sorri Miguel Santos, lembrando que "se estiverem bem organizados é preciso ter cuidado com eles, tanto na seleção como neste torneio".

Claro que, apesar de serem todos amigos fora das quatro linhas, quando há um troféu em disputa aumenta a rivalidade. Vítor Rodrigo, da equipa do Bracara, garante que "o objetivo é sempre ganhar". E apesar de gostar muito da equipa de Vila Real, o objetivo na final foi lutar ao máximo para não os deixar ganhar o "tri", em casa e com apoio do seu público. Só que não correu bem e no final a turma do Bracara saiu derrotada por 3-0.

Ivo Coelho, capitão da equipa vila-realense, disse que o encontro frente ao Bracara "foi tenso e duro", mas "a nível desportivo o Vila Real foi mais forte". De resto, este padre jogador nota que a rivalidade até se nota "dentro da própria equipa, durante os treinos", pelo que não admira que exista sempre nos jogos contra outras dioceses.

E as paróquias, ficaram sem padres enquanto eles passaram três dias a jogar à bola em Chaves? "Fica sempre alguém de alerta para o caso de ser preciso alguma coisa, mas as pessoas também percebem que estes momentos nos fazem bem e aumenta o rendimento nas paróquias", sorri Miguel Santos.

Na XV edição da "Clericus Cup", disputada no Pavilhão Gimnodesportivo de Chaves, participaram as equipas das dioceses de Vila Real, Guarda, Viana, Viseu, Porto e Braga (Augusta e Bracara) e a congregação dos Vicentinos.

A diocese de Vila Real somou, esta quarta-feira, o quinto título na competição, menos três que a de Viana do Castelo, que já foi campeã por oito vezes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de