Fernando Santos confirma que Ronaldo falha jogo e garante que convocá-lo não foi "obrigação"

Fernando Santos faz antevisão do jogo com a Nigéria, de preparação para o Mundial.

O selecionador nacional, Fernando Santos, confirmou, esta quarta-feira, que Cristiano Ronaldo vai ficar de fora do jogo desta quinta-feira, com a Nigéria, de preparação para o Mundial de 2022, por causa de uma gastrite.

"Tem uma gastrite. Os jogadores assim mais debilitados porque perdem muito líquidos e não vai treinar hoje por isso. Para amanhã não vai estar pronto seguramente", afirmou Fernando Santos.

Cristiano Ronaldo foi mesmo um dos temas principais desta conferência de imprensa onde Fernando Santos chegou mesmo a garantir que não convoca o madeirense por "uma questão de obrigação".

"Não é uma questão de obrigação, ninguém é obrigado a nada, que eu saiba. Todos os jogadores que aqui estão, incluindo o Cristiano Ronaldo, têm condições para serem titulares e iniciar o jogo do princípio", explicou o selecionador nacional.

Para o treinador, o futebol africano "melhorou muito", mas os jogadores portugueses estão "motivados e focados" para o jogo desta quinta-feira frente à Nigéria e a entrevista de CR7 não prejudicou em nada o rendimento da seleção.

"É perfeitamente normal. Em qualquer conferência de imprensa quatro ou cinco perguntas têm a ver sempre com o Cristiano Ronaldo, é normal. São coisas pessoais, que são deles e não transbordam para aquilo que é a seleção nacional. É uma entrevista muito pessoal que temos de respeitar. Não vi ninguém a comentar nesse assunto, bem pelo contrário", revelou o treinador.

"Cresci já a ver o Cristiano jogar"

António Silva foi convocado pela primeira vez para a seleção A com apenas 19 anos. A treinar e jogar ao lado de jogadores de "enormíssima qualidade" como Cristiano Ronaldo, Pepe e Rúben Dias, o jovem internacional português só quer "aprender ao máximo".

"Não estava à espera de estar aqui hoje, a falar na seleção A, mas muita coisa mudou na minha vida nos últimos meses e estou a tentar aproveitar ao máximo. Cresci já a ver o Cristiano jogar, não me lembro de ver futebol sem o Cristiano. É um grande exemplo, vou tentar aprender ao máximo com ele porque só assim é que vou ficar melhor jogador", acrescentou António Silva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de