O aviso de Pedro Ró-Ró para Xavi: "O Benfica é perigoso"

Jogador do Al-Sadd revela na TSF a conversa com o técnico espanhol que "quer sempre ter a bola".

Xavier Hernández é um treinador exigente. A garantia é dada por Pedro Ró-Ró, em entrevista na TSF. O jogador do Al-Sadd, no Catar - formado no Benfica - diz que não estranhou as regras que Xavi colocou no balneário do adversário do Benfica na Liga dos Campeões esta noite.

"Eu joguei com ele e foi uma experiência ótima, o Xavi é um líder e sempre nos ajudou em tudo. Como treinador ensinou-nos muitas coisas. Não foi estranho ganharmos títulos com ele. Um treinador muito exigente nos treinos e fora de campo. Todos sabemos que ele impôs regras no Barcelona, mas nós aqui já tínhamos essas regras", revela Pedro Ró-Ró.

Nesta entrevista à TSF, o defesa revela que Xavi se dirigiu a ele para conversar sobre o Benfica. O português naturalizado catari recordou ao treinador espanhol que tinha sido formado nos encarnados e que, para o jogo da Liga dos Campeões, "o Barcelona teria de fazer um bom jogo para vencer, porque o Benfica é uma equipa perigosa".

O jogador do Al-Sadd, que estava até há duas semanas a ser treinado por Xavi, recorda na TSF, que o antigo internacional espanhol era viciado na estratégia com a posse de bola: "Como jogador queria sempre ter a bola, e era igual como treinador. Queria sempre que nós tivéssemos a posse de bola em 70% ou 65% durante o jogo. Tínhamos sempre esses números muito altos", conta Pedro Ró-Ró.

O defesa da seleção catari - joga no Catar há 12 épocas - recorda a relação "de irmão" que Xavi mantém com os jogadores, "sempre pronto para ajudar em tudo. Convidava a equipa para ir jantar, como se fosse um colega normal, mas depois no campo era muito exigente".

O defesa direito do Al-Sadd já foi internacional pelo Catar em 66 jogos, tem um golo marcado e é um dos indiscutíveis na seleção do país que vai receber o Campeonato do Mundo.

Pedro descreve um povo entusiasmado, "porque eles querem organizar o melhor Mundial de sempre. Têm feito um bom trabalho com os estádios e os hotéis para receberem todas as pessoas no país".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de