O desalento de Julio César, a preocupação com Ronaldo e as calças de Zidane

Na revista de imprensa desportiva desta quarta-feira fala-se também de Fábio Coentrão, João Moutinho e Jorge Jesus. E ainda o jogo das meias-finais da Champions analisado pela imprensa estrangeira.

Júlio César, equipado e de mãos nas ancas. A fotografia no Record revela desalento e é isso que adianta a notícia. O guarda-redes do Benfica está KO e não deve jogar mais esta época. O jornal refere que, no melhor cenário, Júlio César pode jogar o último encontro da época e lembra que a renovação de contrato continua por assinar.

A revista de imprensa desportiva, com Paula Dias

00:0000:00

Ainda sobre o Benfica, se a equipa conseguir passar à final da Taça da Liga, o clube da Luz aceita que o jogo como Marítimo se faça no estádio dos Barreiros.

A Bola coloca Fábio Coentrão na primeira página. O jornal diz que o jogador e o Benfica têm um sonho comum que passa pelo regresso de Coentrão à Luz e garante que agora as condições são mais favoráveis, comparando com o que acontecia há um ano. A Bola adianta que o Benfica já contactou os representantes do jogador.

Outro desejo, correspondido, entre Pinto da Costa e João Moutinho. O presidente do Futebol Clube do Porto não esconde que gostava que Moutinho voltasse ao clube e o jogador diz que "espera regressar um dia".

O Jogo revela que o Sporting se compromete a voltar a investir na equipa na próxima época para segurar Jorge Jesus. O jornal adianta que é esta a resposta às indiretas do treinador que ainda há dias em entrevista à agência Efe dizia ser um " treinador do mundo".

O Jogo aponta um valor: 50 milhões de euros, o orçamento para salários duplicou e vai manter-se mas informa que, ainda assim, o Sporting precisa de faturar 30 milhões de euros em vendas.

Há um estado de alarme em relação a Cristiano Ronaldo. A Marca destaca que o jogador português pode também falhar o segundo jogo das meias-finais da Liga dos Campeões. O jornal As também sublinha esse ponto de interrogação sobre Cristiano que ontem nem sequer se equipou.

Em relação ao jogo e ao empate a zero em Inglaterra com o Manchester City, os jornais espanhóis publicam o desalento de Zidane que ficou dececionado com o resultado mas satisfeito com o trabalho da equipa.

Já os jornais de Barcelona arrasam as duas equipas. O Mundo Deportivo considera que o encontro foi indigno de uma meia final europeia e o diário Sport opta escrever "futebol medíocre" e acrescenta a evidência: com 0-0, a eliminatória está em aberto.

Já o Super Deporte escolhe o treinador do Manchester City para figura de capa mas não para falar sobre o jogo com o Real Madrid. Em causa está o futuro de Manuel Pellegrini .Questionado sobre o Valência, Pellegrini responde que Espanha vai ser sempre uma porta aberta garantindo que vai decidir com calma.

Nos jornais ingleses, há um protagonista. Joe Hart, o guarda-redes do Manchester City, negou um golo a Pepe e, esta quarta-feira, o Mirror escreve que foi ele quem travou os Galácticos; o Sun chama-lhe Big (grande) Hart e o Star diz que ele foi Super.

E sobre o jogo de ontem, sobra uma questão: O que se passa com a roupa de Zidane? O treinador do Real Madrid foi filmado com insistência, ou melhor, as pernas dele. As imagens voltam a mostrar as calças de Zidane rasgadas sem que o treinador revele incómodo.

Já tinha acontecido no jogo com o Wofsburgo , voltou a acontecer. Será que Zidane precisa de mudar de costureiro?

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de