"O nosso desporto poderia fazer muito mais com outros meios"

O presidente da Federação Portuguesa de Atletismo considera que as medalhas olímpicas são fundamentais para o desenvolvimento da modalidade, mas também para o país.

É com "grande felicidade" que o presidente da Federação Portuguesa de Atletismo vê a conquista da medalha de ouro pelo atleta Pedro Pablo Pichardo nos Jogos Olímpicos de 2021. Em entrevista à TSF, Jorge Vieira diz, contudo, esperar que estes resultados levem a um maior investimento no desporto português.

Para Jorge Vieira, os Jogos Olímpicos são "a prova de fogo do desporto português e do desporto mundial ou do desporto português em confronto com o desporto mundial". Por isso, "quando conseguimos chegar ao topo do ponto mais alto do pódio é, obviamente, um momento de grande felicidade para todos, particularmente para o atletismo que, mais uma vez, contabiliza mais um campeão olímpico".

O presidente da Federação Portuguesa de Atletismo confessa que "anseia e luta" por estas medalhas, por considerar que são fundamentais para o desenvolvimento da modalidade, mas também para o país.

"Um país com um desporto mais desenvolvido é um país mais rico, sem qualquer dúvida. Há muita gente que ainda não compreendeu isto, mas eu espero que com estes resultados venham a compreender que o desporto tem de ter outro valor", sustenta.

Na perspetiva de Jorge Vieira, "os nossos políticos têm de entender, de uma vez por todas, que se o nosso desporto consegue fazer isto com os meios que temos, poderia fazer muito mais com outros meios".

"O desporto em Portugal ainda tem um percurso razoavelmente longo a percorrer nesse sentido, mas nós vamos ajudando, porque vamos dando com estes resultados um sinal claro de que temos potencialidade para crescer ainda mais", remata.

MAIS SOBRE TÓQUIO 2020

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de