"O Sporting está no bom caminho." Carta aberta apela à recandidatura de Varandas

Em nome da obra feita, duas centenas de pessoas pedem a recandidatura de Frederico Varandas à presidência dos leões. A menos de dois meses para as eleições, de 5 de março, Varandas ainda não clarificou o que pretende fazer.

Uma carta aberta assinada por mais de 200 sportinguistas, entre os quais vários ex-presidentes, a que a Lusa teve acesso, apela à recandidatura da direção presidida por Frederico Varandas às eleições para os órgãos sociais do clube.

"Serve a presente para solicitar aos membros do Conselho Diretivo do Sporting Clube de Portugal, na pessoa do Presidente, o Dr. Frederico Varandas, que, pela estabilidade, pelo bem e pela glória do Sporting Clube de Portugal, se recandidatem nas próximas eleições aos órgãos sociais", indica.

Na missiva, assinada pelos antigos presidentes António Dias da Cunha, Filipe Soares Franco, José Roquette, Pedro Santana Lopes e José de Sousa Cintra, é assinalada a "dimensão das dificuldades" e os "desafios colossais" que os atuais responsáveis encontraram, destacando a "dignidade recuperada".

"Em virtude da obra feita, das reformas estruturais implementadas, é justo que continuem o excelente trabalho que está em curso. Foram conquistados muitos títulos, nacionais e internacionais, com uma cadência e regularidade como há muito o país não via", justifica, salientando o título nacional de futebol de 2020/21.

Sousa Cintra revelou, em declarações à TSF, que está "satisfeito" com o trabalho apresentado e com a situação em que o clube se encontra. "O presidente e a federação têm estado a preparar bem o futuro do clube. Dando oportunidade àquela juventude, tem feito um bom trabalho."

"Quando as coisas são positivas, são para continuar. Este ano estamos no caminho para lutar para sermos campeões, e é esta união que a família sportinguista deve ter. O Sporting está no bom caminho."

Os signatários, entre os quais estão várias figuras emblemáticas dos 'leões', consideram que o Sporting "está bem entregue", instando a direção presidida por Frederico Varandas a recandidatar-se nas eleições marcadas para 5 de março, no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

"Defenderam princípios e valores. Criaram condições para formar e vencer. Conseguiram, transversalmente, em todas as modalidades, fazer uma revolução de mentalidade em termos competitivos. Essa terá sido, porventura, uma das maiores conquistas deste mandato", reforça a carta.

Frederico Varandas foi eleito em setembro de 2018 o 43.º presidente do Sporting, sucedendo a Bruno de Carvalho, que tinha sido destituído do cargo em junho desse ano, no ato eleitoral do clube com maior participação de sempre, com 22.510 sócios votantes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de