"Obrigado, Chalana." Estádio da Luz despediu-se do "Pequeno Genial"

Fernando Chalana, o "pequeno genial", morreu esta quarta-feira aos 63 anos. Veja a homenagem do Benfica ao antigo jogador do clube no Estádio da Luz.

O Estádio da Luz foi o palco da última homenagem de Fernando Chalana. Após o velório na Basílica da Estrela, o corpo do ex-jogador passou pelo relvado do recinto do Benfica, pelas 15h30, para depois seguir para o Cemitério do Alto de São João, em Lisboa.

As portas do estádio abriram-se para receber os adeptos benfiquistas. Pouco antes das 16h00, Rui Costa pisou o relvado acompanhado pela família do "pequeno genial" e, depois, surgiu o caixão, que foi transportado até "à entrada da grande área do Topo Sul descaída para a esquerda", segundo o site dos encarnados, por Diamantino, Humberto Coelho, Carlos Manuel e Alberto Bastos Lopes.

Na cerimónia, estiveram presentes várias equipas das variadas modalidades e escalões de formação do Benfica. A guarda de honra foi realizada pela equipa principal do futebol encarnado.

Ao início da tarde, o corpo do antigo internacional português esteve em câmara ardente na Basílica da Estrela. Entre várias figuras do futebol nacional, como Paulo Futre e Fernando Santos, também se destacou a presença do presidente do Sporting, Frederico Varandas.

O antigo jogador dos encarnados morreu esta quarta-feira. Chalana ingressou no clube da Luz aos 15 anos, sendo, num primeiro momento jogador durante 13 épocas (1974-1984 e 1987-1990) e, depois, como "elemento técnico ligado ao futebol".

"Natural do Barreiro, onde nasceu no dia 10 de fevereiro de 1959, Fernando Chalana vestiu oficialmente o Manto Sagrado pela primeira vez no dia 7 de março de 1976, com apenas 17 anos e 25 dias. Até àquela data, nunca ninguém tão jovem havia atuado na 1.ª Divisão portuguesa", indicou o clube numa nota no site oficial.

Com início da formação no Barreirense, Chalana, 27 vezes internacional por Portugal, chegou ao Benfica em 1974/75, ainda com idade de júnior e mudou-se em 1984/85 para o Bordéus, clube no qual esteve três anos antes de regressar às 'águias', terminando a carreira com uma época no Belenenses (1990/91) e outra no Estrela da Amadora (1991/92).

Chalana estreou-se pela equipa principal dos 'encarnados' em 7 de março de 1976, então com apenas 17 anos e 25 dias, na altura o mais jovem a estrear-se na I divisão.

Ao serviço da seleção, 'Chalanix' fez parte da seleção que chegou às meias-finais do Euro84, sendo eleito mesmo para a equipa do torneio.

Após o final da carreira, Chalana esteve vários anos ligados à formação do Benfica e chegou mesmo a assumir o comando técnico da equipa principal das 'águias' em duas ocasiões, em 2002/03 e em 2007/08.

Na primeira passagem, esteve apenas um encontro aos comandos das 'águias', substituindo Jesualdo Ferreira antes do regresso de Toni, enquanto em 2007/08 fez os dois últimos jogos, numa temporada em que Fernando Santos começou no banco e foi substituído por José António Camacho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de