"Oposição deveria agregar." Bruno Costa Carvalho desiste da presidência do Benfica

Bruno Costa Carvalho lembra que tentou reunir uma lista opositora a Luís Filipe Vieira, impossível "por manifesta falta de vontade".

O movimento Todos P'Lo Benfica, liderado por Bruno Costa Carvalho, não vai constar nos boletins de voto nas eleições do clube da Luz. A lista anuncia a desistência na corrida eleitoral na véspera das eleições.

Em comunicado, Bruno Costa Carvalho informa que o objetivo da candidatura é agregar e não dividir a oposição, apelando à substituição de Luís Filipe Vieira como presidente do Benfica.

"O único motivo que nos leva a tomar esta atitude reside na vontade que sempre manifestamos de não dividir uma oposição que deveria agregar os Benfiquistas para um novo ciclo de mudança", lê-se.

O movimento deixa ainda reparos às listas concorrentes, lembrando que procurou reunir uma lista única contra a atual liderança encarnada, que se revelou impossível "por manifesta falta de vontade e de humildade de outras candidaturas".

"Deixaremos ao critério de cada Benfiquista, em consciência, votar na opção mais adequada ao futuro do Benfica." O comunicado refere ainda que, depois das eleições, o movimento continuará com o "mesmo empenho e espírito de luta na defesa intransigente de um Benfica verdadeiramente forte e democrático".

Bruno Costa Carvalho candidatou-se à liderança encarnada em 2009, e perdeu para o atual presidente.

As eleições para os órgãos sociais do Benfica estão marcadas para dia 28, quarta-feira, entre as 08h00 as 22h00 horas, no Pavilhão n.º 2 do Estádio da Luz e em 24 casas do clube.

Luís Filipe Vieira (lista A), João Noronha Lopes (lista B) e Rui Gomes da Silva (lista D) são os candidatos.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de