"É normal um jogador ficar aziado quando não joga, não é só o Cristiano"

No Catar, Otávio antecipa embate da seleção nacional frente a Marrocos.

Depois de Cristiano Ronaldo ter garantido (numa publicação nas redes sociais), que a seleção é "um grupo demasiado unido para ser quebrado por forças externas", Otávio reforça as palavras do seu capitão: "Cristiano tem toda a razão, o grupo está unido (...) estamos concentrados numa só coisa que é ganhar".

Para Otávio, "é normal um jogador ficar aziado quando não joga, não é só o Cristiano, são todos". Além disso, mesmo no banco o capitão nunca deixou de apoiar a equipa e nunca teve intenção de abandonar a seleção. "Nunca houve uma discussão nem nada de parecido", assegura.

O médio garante ainda que já está a 100% depois do problema muscular que sofreu.

Questionado acerca de Pepe, Otávio destaca que o segredo para manter o nível aos 39 anos é "trabalho e foco", por isso acredita que o colega de seleção ainda tem "muitos anos" de trabalho pela frente.

Sobre Marrocos, que Portugal vai enfrentar no sábado, o jogador lembra "que é uma equipa muito difícil", e que "está muito forte", sem ter ainda perdido nenhum jogo.

A seleção portuguesa prossegue esta quinta-feira a preparação para a partida dos quartos de final do Campeonato do Mundo, com Marrocos, no sábado. O jogo arranca às 18h00 locais (15h00 em Lisboa), no Estádio Al-Thumama, em Doha e terá relato na TSF.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de