Paris Saint-Germain confirma saída do argentino Di Maria

O presidente do clube francês apela aos adeptos para que lhe prestem a "homenagem que merece" na receção de sábado ao Metz.

Os franceses do Paris Saint-Germain confirmaram hoje a saída do internacional argentino Angel Di Maria, depois de sete temporadas no clube, destacando os 18 títulos conquistados pelo futebolista que está em final de contrato.

"Angel Di Maria marcou definitivamente a história do clube. Será recordado pelos fãs como um jogador com um estado de espírito irrepreensível, que mostrou um empenho inabalável na defesa das nossas cores", afirmou Nasser Al-Khelaïfi, presidente do PSG.

O responsável apelou ainda aos adeptos para que lhe prestem a "homenagem que merece" na receção de sábado ao Metz, em jogo da 38.ª e última jornada da Liga francesa, com o PSG a ter já o título de campeão assegurado.

Em sete temporadas na equipa gaulesa, o internacional argentino esteve presente em 294 jogos, com um total de 91 golos e 111 assistências, o máximo no clube, conquistando 18 troféus (cinco campeonatos, cinco taças de França, quatro taças da Liga e quatro Supertaças)

Antes de chegar ao PSG, Di Maria, de 34 anos, fez a sua formação no Rosário Central e chegou à Europa para representar o Benfica, onde esteve entre as temporadas 2007/08 e 2009/10, seguindo depois para os espanhóis do Real Madrid.

Depois de quatro temporadas nos 'merengues', Di Maria esteve um ano nos ingleses do Manchester United, antes de rumar a Paris.

No seu currículo, o extremo argentino conta com vários outros troféus, como a Liga espanhola, a Liga dos Campeões ou a Supertaça Europeia, e ainda a Copa América, conquistada ao serviço da Argentina.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de