Paris Saint-Germain mostra cautelas e espera fazer grande jogo frente ao Benfica

Técnico dos parisienses assumiu que tem seguido os encontros dos encarnados e reconheceu que têm "um estilo de jogo muito interessante".

O treinador do Paris Saint-Germain (PSG), Christophe Galtier, mostrou-se esta terça-feira muito cauteloso na abordagem ao encontro desta quarta-feira frente ao Benfica, a contar para a terceira jornada do grupo H da Liga dos Campeões de futebol.

Christophe Galtier, que falava em conferência de imprensa de antevisão, reconheceu que os 'encarnados' têm "um estilo de jogo muito interessante", motivo pelo qual não está "surpreendido com o que têm feito".

"O Benfica é uma equipa que desde o início da temporada não perde. À medida que os jogos foram acontecendo, e com o sorteio que definiu o grupo, fomos seguindo o Benfica. Não estou surpreendido com o que tem feito. Hoje, o Benfica pode acalentar o desejo de ficar no primeiro lugar", alertou.

O treinador parisiense acredita que pode arrancar da Luz um bom resultado frente a "um adversário que está invencível e cheio de confiança".

"O Benfica vai atacar, faz parte do ADN do treinador, é uma equipa que pressiona muito na primeira fase de construção. O estádio vai estar a apoiar o Benfica. Tenho jogadores que estão habituados a jogar nestas condições. Temos qualidade e com muita concentração podemos fazer um bom jogo", disse.

Consciente da dificuldade de jogar no Estádio da Luz, Danilo Pereira, internacional português que alinha no PSG, salienta que este vai ser "um jogo muito quente".

"Os pontos fortes do Benfica são essencialmente o grupo, a forma de trabalhar defensivamente e ofensivamente. O Benfica tem jogadores muito experientes e tem um misto de juventude. Durante os cinco anos que joguei no FC Porto foi sempre muito difícil jogar aqui. É um estádio com capacidade para 65 mil pessoas. Vai ser um jogo muito quente. Vamos trabalhar para levar os três pontos para Paris", prometeu, reconhecendo que "Renato Sanches (lesionado) está triste, gostaria muito de jogar frente ao Benfica".

Questionado sobre a ideia preconcebida de que quando uma equipa portuguesa defronta uma francesa o favoritismo pré-jogo cai para o lado dos gauleses e que a realidade mostra que o triunfo vai maioritariamente para o lado dos lusos, Danilo não tem dúvida: "É altura de mudar a tradição e vencer esta quarta-feira".

"A Liga portuguesa é muito subestimada, por vários motivos e que não adianta estar aqui a falar. Mas há muito que as equipas fazem grandes jogos e épocas nas provas internacionais. Temos os casos do Benfica, FC Porto, Sporting e Sporting de Braga", concluiu.

O Benfica, que divide a liderança do grupo H da Liga dos campeões com o PSG, recebe esta quarta-feira os franceses, às 20:00, em jogo da terceira jornada que será arbitrado pelo espanhol Gil Manzano.

CYP VR

.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de