Pepe dispensado dos trabalhos da seleção nacional

Defesa-central foi dispensado por "motivos de ordem física", anunciou a Federação Portuguesa de Futebol.

Pepe foi dispensado, esta quarta-feira, dos trabalhos da seleção nacional devido a "motivos de ordem física".

Esta quarta-feira, Pepe tinha apenas realizado trabalho de recuperação no ginásio, juntamente com o avançado João Félix. Bernardo Silva também esteve fora dos relvados, esta terça-feira, mas já voltou a estar à ordem de Fernando Santos.

Em comunicado, a Federação Portuguesa de Futebol anuncia que o defesa-central foi avaliado e fica de fora dos próximos jogos da seleção nacional, frente à Chéquia e à Espanha, a contar para a Liga das Nações.

Pepe é o terceiro jogador a deixar os trabalhos da equipa das 'quinas', depois do avançado Rafa, do Benfica, que renunciou à seleção e nem chegou e treinar-se com o grupo, tendo sido rendido pelo estreante Gonçalo Ramos, e do lesionado Raphaël Guerreiro (Borussia Dortmund), substituído pelo também lateral-esquerdo Mário Rui (Nápoles).

Após concluídas quatro jornadas da Liga das Nações, os lusos estão no segundo posto do Grupo A2, com sete pontos, depois de terem superado a Suíça (4-0) e a República Checa (2-0), em Lisboa, empatado em Sevilha, com a Espanha (1-1), e perdido em Genebra, perante os helvéticos (1-0).

A Espanha é quem lidera o grupo, com oito pontos, enquanto a República Checa é terceira, com quatro, e a Suíça última, com três.

A formação das 'quinas', vencedora da primeira edição da Liga das Nações, em 2019, ao bater na final os Países Baixos, precisa de vencer o agrupamento para chegar à 'final four' da terceira edição, sendo que a segunda foi conquistada pela França, numa final com a Espanha, em 2021.

Os quatro vencedores dos grupos da Liga A qualificam-se para a fase final, que inclui meias-finais, final e partida de atribuição do terceiro lugar. A 'final four' da terceira edição da prova será realizada em junho de 2023.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de