Suspensos por 23 dias, Pepe e Tabata falham clássico da Taça

Os jogadores de FC Porto e Sporting foram multados em 2870 euros.

Os futebolistas Pepe e Bruno Tabata foram suspensos por 23 dias pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol e vão falhar o clássico entre FC Porto e Sporting da Taça de Portugal.

Os atletas, que já cumpriram parte da suspensão, vão assim falhar o FC Porto-Sporting a contar para a a segunda mão da meia-final da Taça de Portugal. Contudo, existe a possibilidade de serem apresentados recursos que podem suspender a aplicação dos castigos. Tanto Pepe como Tabata também foram multados em 2870 euros.

LEIA O COMUNICADO NA ÍNTEGRA

O caso remonta a outro clássico. No final da partida entre dragões e leões da I Liga, a 11 de fevereiro, o relvado do Estádio do Dragão foi palco de confrontos entre os jogadores, dos quais resultaram expulsões para Pepe, Tabata, Marchesin e João Palhinha. No relatório do árbitro João Pinheiro revela-se que o extremo do Sporting empurrou Luís Gonçalves, diretor portista, enquanto o defesa do FC Porto pontapeou Hugo Viana, diretor dos leões.

De acordo com o comunicado do Conselho de Disciplina, Tabata "confessou integralmente e sem reservas os factos pelos quais vinha acusado". Para ambos os jogadores castigados, "na sanção de suspensão agora aplicada, deverá ser levada em conta a suspensão preventiva já cumprida". Oa atletas foram suspensos a 15 de fevereiro e voltaram a estar disponíveis no dia 28 do mesmo mês, ou seja, cumpriram 13 dias de suspensão, ficando a faltar outros dez.

Pelo seu lado, o dirigente do FC Porto Luís Gonçalves foi alvo de uma suspensão de 68 dias e multado em 1910 euros, também pela prática de "agressões". Também se confirmou o arquivamento do processo sobre Hugo Viana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de