Vitória por três em Portimão deixa FC Porto descansado a ver o dérbi

O FC Porto vence por 3-0 o Portimonense. Veja os golos.

O FC Porto vai garantidamente ganhar alguma coisa com o dérbi. Um autogolo de Pedro Sá abriu um resultado confortável para os dragões que foi complementado pelos golos de Vitinha e Otávio. Com a vitória por 3-0, a equipa de Sérgio Conceição garante que vai manter a liderança da I Liga e que vai ganhar pontos a pelo menos um dos rivais que se defrontam nesta jornada.

A primeira jogada de perigo do jogo aconteceu para o lado da equipa da casa. Aylton Boa Morte discutiu com Zaidu uma bola longa para as costas da defesa portista. A bola sobrou para Fabrício que, na cara de Diogo Costa, permitiu a defesa do guarda-redes.

No 13.º minuto, Luis Díaz, após uma grande jogada em velocidade, consegue o remate que sai desviado para canto. Logo a seguir foi a vez de Otávio estar perto do golo, mas mais uma vez a bola foi cortada pela defesa.

Taremi perto do golo aos 22 minutos por duas vezes. Primeiro, após cruzamento de Zaidu, o avançado cabeceou para as mãos de Samuel Portugal. Depois, recebeu um passe nas costas da defesa algarvia, mas o remate saiu ao lado.

O FC Porto continua a tentar chegar ao golo, mas os remates dos dragões teimam em bater nos defesas adversários. Perto dos 40 minutos, Uribe fez um grande remate de longe, mas a bola voltou a sair para fora.

Ao minuto 44, o Portimonense voltou a ter uma oportunidade de golo. O FC Porto perdeu a bola para Fabrício no ataque. Ainda antes do meio-campo, o avançado brasileiro tenta rematar por cima de Diogo Costa, mas o remate sai ao lado.

Em cima do intervalo, o FC Porto marca o primeiro golo do jogo. Num livre perigoso à entrada da área, Luis Díaz remata, mas a bola ainda bate em Pedro Sá e trai Samuel Portugal. A Liga atribuiu autogolo ao médio do Portimonense.

O árbitro apitou logo a seguir para o intervalo. Os dragões têm mais posse de bola e mais remates, o que indica o ascendente portista na partida.

No reinício do jogo, Paulo Sérgio fez uma substituição no Portimonense. Pedro Sá, o autor do autogolo, sai para entrar Luquinha.

Os dragões voltam a estar perto do golo nos primeiros minutos da segunda parte. Canto batido do lado esquerdo por Vitinha e Mbemba, ao segundo poste, remata contra Fali Candé.

O FC Porto novamente perto do golo no minuto 61. Uma boa jogada pela esquerda entre Díaz e Taremi, deixa o colombiano na cara do golo. Contudo, este prefere assistir Otávio que remata por cima.

O Portimonense respondeu poucos minutos depois. Fali Candé rematou de fora da área, mas Diogo Costa conseguiu defender e afastar o perigo.

Os dragões aumentam a vantagem no minuto 70 da partida. Num contra-ataque pela direita, a bola é cruzada para a área onde Evanílson trabalha bem a bola e dá para trás. Vitinha recebe, tira um defesa da frente e remata sem hipóteses para Samuel Portugal. Estreia a marcar do jovem médio do FC Porto.

Ambas os treinadores mexeram nas equipas perto do minuto 70. Fabrício deu o lugar a Renato Júnior, no Portimonense, enquanto Marko Grujic entrou para o lugar de Evanílson no FC Porto.

Novo golo do FC Porto no minuto 76. Outra vez num contra ataque, a bola entra em Taremi no centro e o iraniano isola Otávio. O médio português, com muita arte, faz um chapéu a Samuel Portugal e faz o 3-0 para os dragões.

Sérgio Conceição volta a fazer substituições logo a seguir ao golo. Pepê e Sérgio Oliveira entram para de Vitinha e Otávio. Já Paulo Sérgio tirou Angulo, Willyan e Fali Candé e fez entrar Marcus, Lucas Fernandes e Filipe Relvas. Nem três minutos depois, o treinador do FC Porto esgotou as substituições com as entradas de Corona e Wendell para os lugares de Luis Díaz e Zaidu.

O jogo terminou sem grandes problemas para os dragões, até porque ainda podiam ter chegado ao quarto golo. Sérgio Oliveira e Corona foram os autores dos remates, mas nenhum conseguiu fazer as redes balançar.

Com este resultado, o FC Porto mantém a liderança e garante que vai ganhar pontos a pelo menos um dos rivais nesta jornada. Em caso de empate no dérbi, os portistas até ganham pontos a Benfica e Sporting.

Onze do Portimonense: Samuel; Lucas Possignolo, Willyan, Pedrão; Moufi, Carlinhos, Pedro Sá, Fali Candé; Aylton, Angulo, Fabrício

Onze do FC Porto: Diogo Costa; Manafá, Mbemba, Fábio Cardoso, Zaidu; Uribe, Vitinha, Otávio, Luis Díaz; Taremi, Evanilson

Suplentes do Portimonense: Ricardo Ferreira, Relvas, Ewerton, Lucas Fernandes, Luquinha, Imbula, Anderson, Renato Júnior, Marcus

Suplentes do FC Porto: Marchesín, Wendell, Grujić, Sérgio Oliveira, Bruno Costa, Fábio Vieira, Pepê, Corona, Toni Martínez

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de