Portugal goleia Luxemburgo com hat-trick de Cristiano Ronaldo. Veja os golos

Capitão assinou três dos cinco golos de Portugal no jogo de qualificação para o Mundial de 2022.

A seleção nacional goleou esta noite o Luxemburgo (5-0), num jogo em que Cristiano Ronaldo assinou um hat-trick. Bruno Fernandes e João Palhinha também marcaram no encontro referente à qualificação para o Mundial de 2022.

Portugal está a apenas um ponto para saltar para o topo do Grupo A da qualificação para o Mundial de 2022. Para isso, terá de pontuar frente ao Luxemburgo, uma seleção que já complicou noutras ocasiões.

Consciente da responsabilidade, Fernando Santos promoveu a titularidade de elementos-chave como Pepe e Rúben Dias, Palhinha e Moutinho no meio campo e Ronaldo e André Silva na frente de ataque.

Para este encontro, milhares de adeptos não faltaram à chamada e encheram as bancadas do Estádio do Algarve.

A seleção comanda por Fernando Santos começou, como era de esperar, a procurar a baliza adversária e usou os flancos para chegar a esse objetivo.

Bernardo Silvam, marcado por dois defesas, tentou furar, entrou na área e caiu. O árbitro francês Benoît Bastien assinalou grande penalidade. Cristiano Ronaldo, da marca dos onze metros, e apontou o primeiro golo do jogo.

Aos 10 minutos, o capitão de Portugal, em contra-ataque, fugiu pelo lado direito, entrou na área e foi carregado pelo guardião Moris. O árbitro voltou a assinalar grande penalidade. Mais uma vez, Ronaldo, à segunda, não falhou e aumentou a vantagem portuguesa.

A seleção luxemburguesa não saía do seu meio campo e Portugal aproveitava. Aos 17 minutos, Berardo Silva, mais uma vez pelo flanco direito, viu a desmarcação de Bruno Fernandes. O médio do Manchester United recebeu a bola dentro da área, rematou cruzado e apontou o terceiro golo da equipa das quinas no jogo.

Depois dos três golos em 17 minutos, Portugal abrandou o ritmo, mas nunca deixou de ter o controlo sobre o adversário. Em cima do intervalo, depois de uma boa jogada, desta vez pelo flanco esquerdo, Cristiano Ronaldo teve o hat-trick nos pés, mas o guardião Moris sacudiu o remate de pé esquerdo do capitão nacional.

Na segunda parte, Portugal teve mais dificuldade em criar oportunidades claras junto à área da equipa luxemburguesa. O adversário conseguiu, contudo, incomodar Rui Patrício que até a esta fase do encontro era um mero espetador.

Aos 67 minutos, eis um dos momentos do jogo. João Cancelo cruza para a área, controla a bola e faz um pontapé de bicicleta, mas Moris negou-lhe um golo magistral. Logo a seguir, na sequência do pontapé de canto, Palhinha marcou o quarto golo da formação nacional.

Com o quarto golo, Fernando Santos fez uma série de alterações na equipa, promovendo a entrada de Rúben Neves, Rafael Leão, Matheus Nunes e Gonçalo Guedes.

E ainda houve tempo para o quinto golo: Cristiano Ronaldo concluiu com um cabeceamento uma assistência perfeita de Rúben Neves, assinando um hat-trick no jogo.

Onze de Portugal: Rui Patrício; João Cancelo, Pepe, Rúben Dias e Nuno Mendes; João Palhinha, João Moutinho e Bruno Fernandes; Ronaldo, André Silva e Bernardo Silva.

Onze do Luxemburgo: Moris; Jans, Chanot, Carlson e Michael Pinto; Sinani, Christopher Pereira, Leandro Barreiro e Olivier Thill; Gerson Rodrigues e Sébastien Thill.

Árbitro: Benoît Bastien (FRA)

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de