Chocolate suíço em Alvalade. Portugal goleia helvéticos na Liga das Nações

Os golos de William Carvalho, João Cancelo e o bis de Cristiano Ronaldo adoçaram a exibição da seleção nacional frente à Suíça, que culminou na primeira vitória na Liga das Nações. Veja os golos.

A segunda jornada do Grupo A2 da Liga das Nações colocou frente a frente as seleções de Portugal e da Suíça. No Estádio de Alvalade, a equipa das quinas conquistou a primeira vitória na competição, após o empate frente à Espanha (1-1) no jogo inaugural, ao vencer os helvéticos por 4-0.

O chocolate é um produto tipicamente suíço, mas foi Portugal que adoçou a partida com os golos de William Carvalho, João Cancelo e o bis de Cristiano Ronaldo. Segue-se a República Checa na perseguição pela final four da mais recente competição entre seleções da UEFA.

Logo aos cinco minutos, Haris Seferovic provocou o primeiro momento de frisson entre os adeptos portugueses. Após uma série de alívios da defesa portuguesa, o avançado suíço ainda festejou depois de uma recarga que terminou no fundo das redes, mas, com recurso ao VAR, o árbitro Orel Grinfeld anulou o golo por mão de Fabian Schar.

A Suíça assustou, mas foi Portugal a inaugurar o marcador. Cristiano Ronaldo foi o escolhido para finalizar um livre colocado próximo na meia-lua da área dos suíços, num ensaio que sofreu um desvio da barreira adversária e embateu no guarda-redes Kobel, que fez uma defesa incompleta. Pronto para recarga, estava William Carvalho, que aproveitou da melhor forma a posição avançada no terreno para marcar o 1-0.

Depois do primeiro golo, a seleção nacional cresceu em termos exibicionais e criou mais perigo em ataque posicional. Aos 35 minutos, Diogo Jota recebeu a bola de Bruno Fernandes, mas, como não tinha ângulo para remate, encontrou Cristiano Ronaldo, que correu para dilatar a vantagem portuguesa no jogo.

Em menos de cinco minutos, o placard do Estádio de Alvalade teve de mudar novamente, mas o protagonista foi o mesmo: o número sete, Ronaldo. Bruno Fernandes voltou a começar uma jogada de golo, servindo Nuno Mendes, que, com velocidade e técnica, foi subindo pela lateral esquerda do relvado e serviu o capitão para o 3-0, resultado com que as equipas recolheram ao balneário para o intervalo.

A segunda parte do jogo começou como terminou a primeira, com domínio da seleção portuguesa, apesar das tentativas da Suíça de assumir o controlo do encontro. Contudo, foi mesmo Cristiano Ronaldo que voltou a colocar a bola na baliza de Kobel, mas não chegou a partir para o festejo porque o auxiliar levantou prontamente a bandeira para assinalar fora de jogo ao capitão português.

O encontro entrou numa fase de gestão por parte da formação treinada por Fernando Santos, com direito a substituições para refrescar o onze inicial.

Um dos jogadores que saltou do banco de suplentes, Bernardo Silva, chamou a defesa da Suíça com vários dribles. Vendo o espaço que João Cancelo tinha à sua mercê para um sprint, lançou o lateral, que, com direito a finta ao guarda-redes Kobel, só parou com a bola nas redes adversárias, continuando a corrida para festejar o 4-0, que fechou o marcador.

Portugal volta subir ao relvado do Estádio de Alvalade, na próxima quinta-feira, dia 9 de junho, às 19h45. Desta feita, o adversário é a República Checa, em encontro a contar para a terceira jornada do Grupo A2 da Liga das Nações.

Onze de Portugal: Rui Patrício; João Cancelo, Pepe, Danilo e Nuno Mendes; Bruno Fernandes, Rúben Neves e William Carvalho; Otávio, Cristiano Ronaldo e Diogo Jota.

Onze da Suíça: Kobel; Mbabu, Schär, Fabian Frei e Ricardo Rodríguez; Steffen, Xhaka, Sow e Vargas; Shaqiri e Seferovic.

Suplentes de Portugal: Rui Silva, Diogo Costa, Diogo Dalot, Domingos Duarte, Raphael Guerreiro, João Palhinha, João Moutinho, Matheus Nunes, André Silva, Bernardo Silva, Rafael Leão e Ricardo Horta.

Suplentes da Suíça: Omlin, Mvogo, Widmer, Okafor, Embolo, Freuler, Bottani, Lotomba, Comert, Gavranovic e Aebischer.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de