Primeira derrota de Xavi Hernández aos comandos do Barcelona

Barça ocupa um invulgar sétimo lugar, com 23 pontos, na Liga espanhola.

O Bétis foi este sábado à Catalunha vencer por 1-0, no que foi a primeira derrota de Xavi Hernández como treinador do FC Barcelona, em jogo da 16.ª jornada da Liga espanhola de futebol.

Mais cedo, o Sevilha tinha superado o Villareal, também por 1-0, o que faz com que os segundo e terceiro lugares da classificação sejam agora das duas formações andaluzes, logo atrás do Real Madrid.

Os merengues, que ainda jogam mais logo contra a Real Sociedad, no País Basco, estão com 36 pontos, contra 31 do Sevilha e 30 do Bétis.

O 'Barça', treinado desde novembro pela sua antiga estrela Xavi, ocupa um 'invulgar' sétimo lugar, com 23 pontos e fora dos lugares de acesso às competições europeias de futebol.

A época tem tudo para piorar, já na quarta-feira, com o risco de ficar fora da Liga dos Campeões, o que acontecerá se não ganhar em Munique ao Bayern e o Benfica vencer em casa o Dínamo de Kiev.

O FC Barcelona até nem fez um mau jogo, sobretudo na segunda parte, mas apesar da pressão nunca conseguiu marcar na baliza entregue ao português Rui Silva.

A formação bética defendia bem e não prescindia de ir para o ataque, quando tinha ocasião para o fazer com segurança, e foi num desses lances ofensivos que apareceu o golo, de Juanmi.

Aos 79 minutos, Sergio Canales segurou bem a bola, na grande área adversária, ante três defesas do 'Barça', e serviu para o remate cruzado de Juanmi, que assim atinge nove golos no campeonato - melhor, só francês do Real Madrid Karim Benzema, que já tem 12.

William Carvalho foi outro luso em ação na partida, entrando para o meio campo defensivo do Bétis aos 71 minutos, ocupando a posição do brasileiro Willian José.

Em Sevilha, o principal clube da cidade prosseguiu uma época bastante conseguida, somando nova vitória para a Liga, que lhe vai valendo o segundo lugar, pelo menos até ao final do Atlético de Madrid-Maiorca.

O argentino Lucas Ocampos fez o único golo da partida, aos 16 minutos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de