Profissional e dedicado, o "famoso mister" Jesus torna-se cidadão honorário do Rio

Treinador de 65 anos é distinguido pela cidade em que trabalha há apenas cinco meses. Vereador que propôs distinção é ex-jogador do Flamengo.

O treinador português Jorge Jesus torna-se, esta segunda-feira, cidadão honorário da cidade do Rio de Janeiro. A proposta para distinguir o técnico de 65 anos partiu de um vereador com um passado desportivo a quem a dupla conquista do Flamengo - Taça dos Libertadores e Campeonato Brasileiro - diz muito.

O vereador Felipe Michel é um antigo jogador de futebol, formado no Flamengo, que cedo se dedicou à política. Eleito pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), e em entrevista à TSF, não escondeu o entusiasmo.

"O português Jorge Jesus, o famoso mister, vai tornar-se cidadão carioca", celebra. A proposta partiu da alma rubro negra do vereador e da "diferença" que Jorge Jesus está a fazer no Brasil nos cinco meses desde que chegou ao país, "não só no futebol carioca, mas também no futebol brasileiro".

Este é um título para pessoas "que são de fora do Rio de Janeiro e fazem a diferença na cidade". Jorge Jesus é uma dessas pessoas por "colaborar para o futebol carioca, como para o turismo por tudo o que está a fazer com um clube da grandeza do Flamengo, o maior do Brasil e, quem sabe, do mundo".

Mas quais são, afinal, as diferenças que Jorge Jesus conseguiu imprimir no futebol do Brasil? "O que mais impressiona é o profissionalismo e dedicação", começa por explica o ex-jogador. "Tem também a parte carinhosa, de saber ter os atletas sob o seu domínio, é uma forma única de conduzir a equipa."

Apesar dos dias de sucesso e alegria que os rubro negros vivem, o passado recente é trágico e não fica esquecido. Em fevereiro de 2019, um incêndio na academia do clube matou dez jovens atletas e deixou outros três feridos. Felipe Michel reconhece que o clube precisava desta alegria. "Infelizmente, a torcida do Flamengo passou por um período de muita tristeza e necessitava que esses corações sentissem alegria de novo."

Este foi um fim de semana de dupla conquista para Jorge Jesus: depois da vitória por 2-1, conquistada nos últimos minutos da final da Libertadores, a vitória por 2-1 do Grémio sobre o Palmeira deu o título de campeão brasileiro ao Flamengo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de