PSP deteve três pessoas e identificou 30 durante festejos do Sporting

"Das desordens ocorridas e do arremesso de objetos perigosos, incluindo garrafas de vidro, pedras e artefactos pirotécnicos", resultaram ferimentos ligeiros em quatro polícias e num canídeo policial.

A PSP deteve três pessoas, identificou outras 30 e apreendeu 63 engenhos pirotécnicos durante os festejos do Sporting como campeão nacional de futebol, anunciou esta quarta-feira aquela polícia, avançando que se registaram "alterações relevantes da ordem pública" em Lisboa.

Num comunicado sobre o policiamento dos festejos dos adeptos do Sporting Club de Portugal, a Polícia de Segurança Pública sublinha que em Lisboa "das desordens ocorridas e do arremesso de objetos perigosos, incluindo garrafas de vidro, pedras e artefactos pirotécnicos", resultaram ferimentos ligeiros em quatro polícias e num canídeo policial.

A PSP dá também conta que, "do arremesso de objetos perigosos e do uso da força pública", resultaram ferimentos em diversas pessoas, um número que a polícia de momento refere que "não é possível precisar", mas adianta que foram "prontamente assistidos no local".

Esta força de segurança precisa que apreendeu, a nível nacional, 63 artefactos pirotécnicos, identificou 30 pessoas por motivos diversos e procedeu à detenção de três cidadãos.

A PSP acrescenta que planeou e executou um policiamento "de grande envergadura, em diversas cidades na sua área de responsabilidade territorial", mas em Lisboa "ocorreram diversos festejos que, em alguns locais da cidade, resultaram em alterações relevantes da ordem pública".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de