Quando o professor troca de lugar com o aluno: um português no futebol finlandês

O novo convidado do "Treinadores portugueses pelo mundo" é Ricardo Duarte, treinador adjunto do VPS - Vaasan Palloseura da Finlândia. Um aluno que teve na FMH preferiu ficar por cá e indicou o nome do professor para ocupar a sua vaga.

Foi um aluno que teve na Faculdade de Motricidade Humana (FMH) que lhe mudou a vida. Ricardo Duarte nasceu numa família com uma forte ligação ao futebol. Jogou nos distritais, estudou e acabou por se transformar em professor de futebol na universidade. Pelo meio trabalhou no Juventude de Évora e no Vitória de Setúbal com José Couceiro. Em novembro, mudou-se para Vaasa, no inverno, e... estava fresquinho.

"Pouca luz, começou a neve, às vezes 25 graus negativos. Felizmente o clube tem muito boas condições de trabalho. Na época de inverno temos um indoor", conta à TSF este português em Vaasa, uma cidade "pacata" com cerca de 70 mil habitantes.

E como é que ali chegou, afinal? "Um dos melhores alunos que tivemos [na FMH] era finlandês. Ficou uma relação de amizade e, curiosamente, ele estava no clube onde eu estou agora, o VPS, e resolveu fazer uma paragem, para voltar a estudar. Basicamente nós trocámos: ele foi para o sul da Europa e eu fui para o norte da Europa. Foi mais ou menos assim que aconteceram as coisas..."

Quando os livros em português se tornaram irresistíveis, o aluno indicou o nome do aluno para ocupar a vaga no clube onde estava. Foi uma cambalhota no marcador e o contacto com o aluno mantém-se. "Ele tem curiosidade e vai acompanhando os jogos. Ele era o segundo treinador aqui da equipa. Trocámos papéis.."

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados