Prémio The Best. Lewandowski bate Ronaldo e Messi

O avançado polaco ajudou o Bayern a conquistar tudo na temporada passada, marcando 55 golos.

O avançado do Bayern de Munique, que terminou a última temporada com 55 golos, bateu Cristiano Ronaldo e Lionel Messi e venceu o prémio The Best 2020 da FIFA. O jogador polaco era apontado como o favorito depois de ter ajudado o clube alemão a vencer seis títulos, entre eles, a Liga dos Campeões.

Em outubro, foi eleito o melhor jogador da edição inédita da Champions, que em junho terminou com uma final a oito, em Lisboa.

"Sinto-me fantástico. Estou muito orgulhoso e feliz para ser honesto, este é um grande dia para mim, e também para o meu clube e colegas", disse o jogador de 32 anos depois de receber o troféu das mãos do presidente da FIFA, Gianni Infantino.

"Ganhar um prémio assim e partilhar esse título com Messi e Ronaldo é inacreditável e significa muito para mim". Há muito tempo, lembro-me, que estava ansioso por algo assim e agora posso ganhar tal prémio. Isto mostra realmente, independentemente de onde se venha, que tudo o que importa é o quanto se trabalha", acrescentou.

Sobre a conquista da Liga dos Campeões, em Lisboa, para Lewandowski, esse foi um momento mágico. "Um dia e uma noite tão especiais, foi uma sensação incrível. Foi um grande momento. Depois ganhámos a taça e conquistamos todos os títulos que podíamos. Temos um grande treinador, uma grande equipa e todos nós trabalhamos para o mesmo objectivo", assegurou.

Lucy Bronze eleita The Best

O prémio de Melhor Jogadora do Ano foi atribuído a Lucy Bronze, defesa do Manchester City. A britânica esteve no Lyon onde ajudou o emblema francês a tornar-se a melhor equipa de futebol feminino.

Ronaldo no onze de luxo

Cristiano Ronaldo está no Melhor Onze de 2020 para a FIFA. À semelhança do que aconteceu em anos anteriores, o avançado da seleção nacional e da Juventus é o único português a figurar na equipa de luxo.

Klopp, o melhor

Jürgen Klopp foi considerado esta noite como o Melhor Treinador do ano. O técnico alemão levou o Liverpool ao título na Premier League, algo que não acontecia há 30 anos.

Na corrida estava o alemão Hans-Dieter Flick, tido como o principal favorito, depois de conquistar seis títulos no Bayern de Munique. Os bávaros levantaram a Taça da Liga dos Campeões em Lisboa.

Puskas para Son, um pupilo de Mourinho

O prémio para Melhor Golo de 2020 foi atribuído ao avançado Heung-Min Son, avançado do Tottenham de José Mourinho. O golo do jogador sul-coreano ficará na história do futebol.

Um muro alemão

O guardião Manuel Neuer foi eleito, sem surpresa, o Melhor Guarda-Redes de 2020. O alemão ajudou o Bayern de Munique a conquistar os seis títulos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de