Raquel Queirós vence primeira edição da Volta a Portugal feminina

A última etapa ligou as Caldas da Rainha a Lisboa, as mesmas cidades que em 1927 receberam também a última etapa da primeira edição de sempre da Volta a Portugal em bicicleta.

A ciclista vila-condense Raquel Queirós (Velo Performance/JS Campinense) conquistou este domingo a primeira edição da Volta a Portugal feminina, que terminou após a quarta etapa, disputada entre as Caldas da Rainha e Lisboa.

A jovem atleta olímpica portuguesa, de 21 anos, resistiu aos ataques das principais rivais na tirada de 94,7 quilómetros, ganha ao sprint pela britânica Lucy Lee (LDN/Brother UK), em 2:55.54 horas, enquanto Raquel Queirós foi sétima classificada, com o mesmo tempo.

A juntar ao sucesso na Volta a Portugal, em que foi ainda a primeira portuguesa a ganhar uma etapa e a vestir a camisola amarela, está o recente 27.º lugar na prova de cross country olímpico em Tóquio 2020 e o 10.º lugar há uma semana nos Mundiais de sub-23 desta especialidade.

"É um orgulho muito grande, nunca pensei que conseguisse chegar ao fim com a camisola amarela", reconheceu a atleta em declarações aos jornalistas.

"Vim para aqui um pouco sem saber o que o meu corpo poderia dar, mas estou muito, muito contente com esta vitória", garantiu.

A supremacia de Raquel Queirós foi consumada com o triunfo na segunda e terceira etapas, conquistando a amarela nesta última, com o êxito no contrarrelógio individual.

Raquel Queirós controlou sempre a roda da britânica Danielle Shrosbree, a quem tinha conquistado a camisola amarela e que contava com o apoio da formação mais forte para derrubar as suas pretensões.

A LDN/Brother UK ganhou mesmo a classificação por equipas, enquanto Danielle Shrosbree ficou com a camisola vermelha, dos pontos, e a camisola azul, da montanha.

Raquel Queirós concluiu a primeira Volta a Portugal com um total de 07:28.52 horas, menos 35 segundos do que a júnior Sofia Gomes (Vesam/Blok-Vilanonvense Cycling Girls) e menos 48 segundos do que a catalã Iris Gómez, segunda e terceira, respetivamente.

Na tirada de hoje, Lucy Lee bateu na linha de meta as espanholas Lúcia Garcia e Laura Rodríguez, da seleção da Catalunha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de