Rúben Amorim afirma que "é preciso lidar com naturalidade" com as críticas

Jogadores do Sporting têm recebido algumas críticas nas redes sociais, sobretudo o avançado Paulinho, contratado aos minhotos em janeiro.

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, afirmou este sábado que "é preciso lidar com naturalidade" com as críticas aos últimos resultados, antes da visita ao Sporting de Braga, da 29.ª jornada da I Liga de futebol.

Depois de três empates nas últimas quatro partidas, que resultaram numa aproximação do perseguidor FC Porto, agora a quatro pontos da liderança, os jogadores do Sporting têm recebido algumas críticas nas redes sociais, sobretudo o avançado Paulinho, contratado aos minhotos em janeiro.

"Tenho zero redes sociais, portanto estou blindado dessa situação. É uma escolha de cada um gerir da melhor forma. Cabe-me a mim dar os conselhos que acho que devo dar. Faz parte do futebol, há fases boas e fases menos boas. É preciso lidar com naturalidade", sublinhou o técnico, no auditório do Estádio José Alvalade, em Lisboa.

Paulinho apontou um golo em sete partidas desde que chegou aos leões e irá agora reencontrar a antiga equipa, mas Rúben Amorim rejeitou um encontro de caráter decisivo para o dianteiro e para a própria equipa, atirando a pressão para o adversário, que precisa de vencer para se manter na luta pelo título.

"Sabemos do momento, não somos ingénuos, mas não é decisivo, nem para o Sporting e muito menos para o Paulinho. Para mim, é o melhor avançado português e está a fazer um bom trabalho, concordem ou não", disse.

Em relação aos arsenalistas, orientados por Carlos Carvalhal, o treinador sportinguista considerou que "vai ser um jogo difícil, contra uma excelente equipa, que ainda está na luta, que tem jogadores muito experientes e que joga muito bem, estando habituados a estes jogos".

"Já conhecemos bem o Braga, o Braga conhece-nos bem e, portanto, o jogo poderá ser decidido nos pormenores. Estaremos preparados, sabemos da qualidade do Braga, mas também sabemos da nossa e vamos para o jogo para vencer", frisou.

Apesar do recente rendimento da equipa, Rúben Amorim entendeu que acredita nas ideias e dinâmicas táticas implementadas desde o início da temporada e não precisa de mudar, aproveitando igualmente o facto de não ter redes sociais.

"Se acredito numa coisa, vou continuar até ao fim. Sou muito assim porque acredito, não é por mais nada. Já aconteceu no início, no Braga, no Sporting e vai acontecer ao longo da carreira. Como não gosto de ser condicionado, baseio-me no que penso e escolho de acordo com isso", explicou.

O avançado brasileiro Tabata é o único ausente do plantel, enquanto o defesa marroquino Feddal "está apto e foi convocado" para o embate com o Sporting de Braga, quarto posicionado, com 58 pontos, da 29.ª jornada da I Liga de futebol, no Estádio Municipal de Braga, com arbitragem de Artur Soares Dias, da associação do Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de