"Sabem quando é que este lance era revertido no Dragão ou na Luz? Nunca"

Frederico Varandas atira-se à equipa de arbitragem depois de ter visto o VAR reverter uma grande penalidade e expulsão de ​​​​​​​Zaidu.

O presidente do Sporting não gostou de ter visto o videoárbitro anular uma grande penalidade e reverter a decisão de expulsão de Zaidu, durante o clássico entre Sporting e FC Porto.

No final do jogo, o líder leonino compareceu na conferência de imprensa, revelando estar triste com o resultado, um empate a dois, e deixar uma pergunta.

"Hoje o Sporting está triste porque perdeu dois pontos e acho que o futebol está triste porque insiste em não mudar. Já vi o lance várias vezes e só faço uma pergunta a mim mesmo: este lance, possível penálti, que é assinalado, sabem quando é que era revertido no estádio do dragão ou da luz? Nunca", afirmou, acrescentando que este tipo de lances só "acontecem no futebol português e em particular ao Sporting."

"Infelizmente em Portugal para triunfar, vencer só por mérito, só pelo trabalho, é muito difícil. Então no futebol ainda mais. Não interessa se a pessoa foi apanhada em escutas, não interessa se há processos judiciais, nada interessa. O que interessa é se venceu e aí todos prestam vassalagem", atirou Frederico Varandas.

O presidente do Sporting referiu ainda que o clube "dá todo o apoio à arbitragem, mas já disse isto três vezes: se os soldados encostam-se e se começarmos a ver há um dominador comum muitas vezes".

"O Sporting tem valores que não abdica, não vamos fazer o que se fazia, não vamos jogar sujo, mas se tivermos gritar alto, gritamos bem alto. E queremos acreditar com estes valores que vamos vencer. Custe o que custar, vamos vencer", rematou.

Frederico Varandas referia-se ao lance polémico no final da primeira parte, em que o portista Zaidu carrega Pedro Gonçalves junto à grande área. Num primeira abordagem, o árbitro Luís Godinho assinalou grande penalidade e mostrou o segundo amarelo e consequente vermelho ao jogador do FC Porto. No entanto, depois de ser alertado pelo VAR e ver as imagens do lance, reverteu a decisão.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de