Salomé Rocha 30.ª na maratona, Catarina Ribeiro 70.ª e Sara Moreira desiste

Salomé Rocha, de 31 anos, cumpriu a estreia na maratona olímpica como a melhor representante portuguesa, Sara Moreira, de 35, voltou a não terminar a prova, tal como aconteceu no Rio 2016, e Sara Catarina Ribeiro, de 31, conseguiu chegar ao fim na estreia na competição.

Carla Salomé Rocha foi este sábado a primeira portuguesa a terminar a maratona dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, na 30.ª posição, a 07.32 minutos da vencedora, a queniana Peres Jepchirchir, à frente de Sara Catarina Ribeiro (70.ª), enquanto Sara Moreira desistiu.

Sara Catarina Ribeiro concluiu os 42,195 km disputados no parque Odori, em Saporo (a 800 km de Tóquio), no 70.º lugar, a 27.41 minutos de Jepchirchir, mas Sara Moreira abandonou após 21 km de prova, tendo mesmo recebido assistência médica.

A queniana concluiu a corrida - cujo início foi antecipado para as 06h00 locais (22h00 em Lisboa), devido à previsão de calor intenso - em 02:27.20 horas, à frente da compatriota Brigid Kosgei, recordista mundial, segunda colocada, a 16 segundos, e da norte-americana Molly Seidel, terceira, a 26.

Salomé Rocha, de 31 anos, cumpriu a estreia na maratona olímpica como a melhor representante portuguesa, Sara Moreira, de 35, voltou a não terminar a prova, tal como aconteceu no Rio 2016, e Sara Catarina Ribeiro, de 31, conseguiu chegar ao fim na estreia na competição.

Nas anteriores participações olímpicas, Salomé Rocha foi 26.ª classificada nos dez mil metros no Rio2016 e Sara Moreira, além da desistência na maratona do Rio 2016, foi 14.ª nos 10.000 metros em Londres 2012 e 22.ª nos 3.000 metros obstáculos em Pequim 2008.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de