"Se estou aqui, na seleção, é porque estou apto para poder jogar"

Pepe revela que chegou a não dormir quando se lesionou num treino do FC Porto.

O defesa Pepe confessou esta quinta-feira que teve dificuldades em dormir no período em que esteve lesionado, com receio de falhar o quarto Mundial de futebol da carreira, mas assegurou que está nas melhores condições para servir a seleção.

Após se ter lesionado num treino do FC Porto, no início de outubro, o veterano central, de 39 anos, ficou várias semanas afastado da competição, na altura colocando-se a dúvida sobre se estaria em condições de ser participar na fase final.

"Quando me lesionei, não dormia. Queria recuperar o mais rápido possível, para poder estar aqui a disputar mais um Mundial na minha carreira e dar o contributo à minha seleção. Foi um caminho longo para estar aqui, mas agora é olhar em frente", contou, em conferência de imprensa, de antevisão ao jogo com a Coreia do Sul, na sexta-feira.

De resto, o central agradeceu o contributo dos departamentos médicos do FC Porto e da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) na recuperação e, perante a insistência nas questões sobre a sua condição física, foi perentório.

"Se estou aqui, na seleção, é porque estou apto para poder jogar", salientou o defesa, que não foi titular na estreia com o Gana, mas acabou por ser lançado de início frente ao Uruguai, face à lesão de Danilo Pereira.

Após participações nos Mundiais de 2010, 2014 e 2018, Pepe disse querer "desfrutar ao máximo" da quarta presença num Campeonato do Mundo, não revelando se este será o último em que jogará, e elogiou a nova geração de centrais lusos, entre os quais António Silva e Rúben Dias, que também estão integrados na seleção.

"Sou um privilegiado por poder jogar futebol. Temos grandes jogadores. Espero que o António possa fazer o seu percurso naturalmente, como fez o Rúben Dias quando foi ao Mundial da Rússia [em 2018, com 21 anos]. Quero desejar ao António a melhor sorte, porque será também a nossa sorte. Que possa jogar e ajudar Portugal", disse.

Portugal e Coreia do Sul defrontam-se na sexta-feira, a partir das 18:00 locais (15:00 em Lisboa), no Estádio Education City, em Doha, em jogo da terceira jornada do Grupo H do Mundial 2022, que decorre até 18 de dezembro, no Qatar.

A equipa das 'quinas', que assegurou a qualificação para os oitavos de final com o triunfo sobre o Uruguai (2-0), lidera o grupo, com seis pontos, mais três do que o Gana, segundo, e mais cinco face a sul-coreanos, treinados por Paulo Bento, e uruguaios, que, à mesma a hora, defrontam os ganeses.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de