Jota deu esperança, mas a Sérvia acreditou. Portugal empata em Belgrado em jogo polémico

Diogo Jota bisou na primeira parte, sérvios empataram no segundo tempo. Ouça o Relato TSF e veja os golos.

Portugal empatou este sábado (2-2) frente à Sérvia, em Belgrado, no segundo jogo da qualificação para o Mundial de 2022. Na primeira parte, Diogo Jota apontou dois golos, mas no segundo tempo a Sérvia empatou.

Foi no mítico estádio do Estrela Vermelha, em Belgrado, que a Sérvia recebeu a seleção portuguesa, no segundo jogo da qualificação europeia para o Mundial de 2022, que se realiza no Qatar.

Para este encontro frente ao adversário teoricamente mais difícil para Portugal, o selecionador nacional promoveu seis alterações em relação ao jogo com o Azerbaijão.

Na defesa, entraram Cédric e José Fonte. Já o meio campo foi totalmente renovado. Com a lesão de João Moutinho, Fernando Santos chamou Danilo, Sérgio Oliveira e Bruno Fernandes. A frente de ataque estava reservada a Cristiano Ronaldo, que tinha ainda a companhia de Diogo Jota.

A aposta de Fernando Santos no avançado do Liverpool começou a dar frutos logo aos 11 minutos. Num lance iniciado por Ronaldo do lado direito do ataque português, o capitão serviu Bernardo Silva, que colocou a bola no segundo poste, onde surgiu Diogo Jota a finalizar.

A Sérvia tentou responder, chegou-se à baliza de Anthony Lopes, mas sem grande perigo. A seleção nacional nunca perdeu o controlo do jogo e, aos 36 minutos, conseguiu aumentar a vantagem. Num lance idêntico ao do primeiro golo, Cédric levantou para a área e, no meio dos defesas sérvios, voltou a aparecer Diogo Jota que, à ponta de lança, cabeceou para o segundo de Portugal.

Na segunda parte, a Sérvia reduziu a desvantagem logo no primeiro minuto. Numa jogada pelo lado direito do ataque sérvio, José Fonte e Danilo atrapalharam-se e não conseguiram impedir o remate do avançado do Fulham, Mitrović.

A Sérvia veio para o segundo tempo com a vontade de inverter o resultado e pressionou a seleção nacional, aparecendo por diversas ocasiões na área de Anthony Lopes com algum perigo.

A equipa da casa ameaçou e concretizou aquilo que desejava. Em contra-ataque, a Sérvia surpreendeu a defensiva portuguesa e Kostic concluiu, com sucesso, na cara de Anthony Lopes.

Até aos 90 minutos o resultado não se alterou. Nos descontos, Milenković fez uma entrada perigosa sobre Danilo e viu o vermelho direto.

No último minuto do jogo, ainda houve tempo para o lance mais polémico do jogo. Nuno Mendes levantou a bola para Ronaldo, que rematou para a baliza. A bola foi cortada em cima da linha de golo, mas as imagens televisivas mostram que o esférico entrou totalmente na baliza sérvia.

Onze da Sérvia: Dmitrović; Milenković, Stefan Mitrović, Pavlović; Lazović, Milinković-Savić, Gudelj, Kostić; Tadić; Aleksandar Mitrović, Vlahović.

Onze de Portugal: Anthony Lopes; João Cancelo, José Fonte, Rúben Dias, Cédric; Danilo, Sérgio Oliveira, Bruno Fernandes; Bernardo Silva, Diogo Jota, Cristiano Ronaldo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de