Seleção masculina de ténis de mesa garante apuramento para Jogos Olímpicos

O objetivo em Tóquio será superar o resultado do Rio2016.

A seleção portuguesa masculina de ténis de mesa garantiu hoje a presença nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao vencer a Bélgica, por 3-0, no torneio de apuramento, em Gondomar.

Além da presença no torneio por equipas, Portugal assegurou que dois dos três elementos da seleção vão participar na prova individual masculina.

No primeiro encontro, Tiago Apolónia e João Monteiro bateram os belgas Florent Lambiet e Martin Allegro, por 3-1 (12-10, 11-6, 8-11 e 13-11).

Nos singulares, Marcos Freitas derrotou Cedric Nuytinck, por 3-2 (11-3, 12-10, 8-11, 9-11 e 12-10), com João Monteiro a assegurar a qualificação, frente a Allegro, por 3-0 (12-10, 11-9 e 11-8).

No Rio2016, a seleção portuguesa foi eliminada na estreia pela Áustria, enquanto Marcos Freitas terminou na quinta posição, após 'cair' nos quartos de final.

Numa eliminatória mais difícil do que o resultado final de 3-0 pode fazer pensar, foi logo no jogo de pares que se notou o equilíbrio de forças, com Apolónia e Monteiro a mostrarem-se ao melhor nível.

Seguiu-se Marcos Freitas, frente a um adversário que, há uma semana, o tinha vencido na Liga dos Campeões de clubes, num jogo que se decidiu na 'negra', após Nuytinck recuperar de dois 'sets' de diferença para empatar a contenda.

No último momento, Freitas manteve a frieza para vencer por 12-10, antes de João Monteiro estar ao melhor nível frente a Alegro.

O português passou o primeiro 'set' a recuperar de diferenças de vários pontos, mas acabou por vencer esse jogo por 12-10, antes de 'embalar' para um 11-9 e um 11-8 decisivos.

Os colegas de equipa, bem como o 'staff', invadiram o recinto de jogo para abraçarem o último português em prova, que garantiu a quarta presença consecutiva em Jogos Olímpicos, por equipas.

O objetivo será, pelo menos, superar o resultado do Rio2016, em que Portugal perdeu na estreia com a Áustria, com o quinto lugar de Londres2012 como o melhor resultado de sempre, a par de outro quinto lugar, de Marcos Freitas, em singulares nos últimos Jogos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de