"Ya es historia". Real Sociedad troca camisolas de Iñigo Martínez... de borla

A contratação de Iñigo Martínez da Real Sociedad para o Athletic Bilbao continua a agitar o País Basco. O Athletic acionou a cláusula de rescisão, agora a Real vai trocar as camisolas de borla.

Pep Guardiola decidiu que precisava de um defesa central para continuar a aperfeiçoar o seu Manchester City. No perfil, já se sabe, tem de constar qualidade com os pés e coragem para jogar. Desta vez decidiu atacar um canhoto, para ganhar ginástica e capacidade de sair a jogar. Aymeric Laporte, um francês de 23 anos com sangue basco (condição para jogar no Athletic Bilbao), foi o escolhido: 65 milhões de euros.

Este filme encheu os cofres daquele clube onde em tempos voava Julen Guerrero. O clube treinado por José Ziganda olhou à volta e decidiu viajar até ao rival basco, a Real Sociedad. O senhor da mala do dinheiro deixou lá 32 milhões de euros, o valor da cláusula de rescisão, e voltou para a Alameda de Mazarredo, em Bilbau, com a companhia de Iñigo Martínez.

A Real Sociedad, ferida no orgulho, decidiu dar um bombom aos adeptos que se sentem atraiçoados: quem tiver a camisola do clube com o nome Iñigo Martínez pode ir a uma loja do clube substituir a camisola por uma nova. Para solucionar o problema na defesa, os bascos contrataram Héctor Moreno por seis milhões à Roma.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de