"Será o meu último mandato." Vieira emociona-se na apresentação da recandidatura

Aos 61 anos, o presidente do Benfica anuncia que, se for eleito, deixa o clube da Luz no fim do próximo mandato.

Está lançado o fim de um ciclo no Benfica. No dia em que apresentou oficialmente a recandidatura à presidência do clube, Luís Filipe Vieira revelou que, a acontecer, o seu próximo mandato será também o "último" na liderança do clube. O discurso, esse, terminou-o em lágrimas.

"Tenho 61 anos, a quarta classe e não falo inglês. Tenho orgulho no trabalho realizado nos últimos 17 anos. Estou aqui para anunciar a minha recandidatura a presidente do Sport Lisboa e Benfica, que será o meu último mandato." Foi com estas palavras que Luís Filipe Vieira escolheu lançar o discurso.

Sob o lema "Uma história com futuro", Vieira apelou à união dos benfiquistas em torno do clube, com o principal foco na "vertente desportiva". O objetivo, garante, é "superar" o que o clube conseguiu na última década.

Mostrando-se aberto a ouvir "boas ideias", venham de onde vierem, Vieira não perdeu a oportunidade de dizer que apesar de nas outras candidaturas existirem boas ideias, há também "ideias boas que não são novas" e ideias novas "que não são boas".

Sem esquecer os processos em tribunal e dúvidas levantadas quanto ao estado financeiro do clube, Vieira diz "não perceber a crítica recorrente" de alguns opositores e disponibiliza-se mesmo a acolher "um membro do Conselho Fiscal" de cada uma das outras listas em nome da "transparência e rigor" das contas encarnadas. Aproveitou ainda para acrescentar que "a justiça não se faz nos jornais nem nas televisões."

Para os próximos quatro anos, Vieira anunciou "um Conselho Estratégico constituído por benfiquistas que representem uma inegável mais-valia para o clube".

A terminar, e já emocionado, Luís Filipe Vieira respirou fundo, bebeu água, e falou do pai: "O meu pai, esteja onde estiver, de certeza que está orgulhoso do filho. Cumpri a promessa que lhe fiz quando assumi a liderança do Benfica: recuperei a mística e grandeza do Benfica. Essa é a melhor recompensa que posso ter destes 17 anos."

As eleições do Benfica ainda não têm data marcada, mas deverão acontecer "entre 24 e 31 de outubro", de acordo com os estatutos do clube.

Além do atual presidente 'encarnado' e do já anunciado candidato João Noronha Lopes, também Bruno Costa Carvalho e Rui Gomes da Silva já manifestaram a intenção de se candidatarem.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de