Falta "união". Sérgio Conceição coloca o lugar à disposição

Treinador portista revelou falta de união dentro do clube.

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, colocou este sábado o lugar à disposição do presidente do clube, Pinto da Costa.

Na flash interview depois do jogo em que perdeu a final da Taça da Liga com o SC Braga por 1-0, o treinador portista apelou à "responsabilidade coletiva" do grupo de trabalho e também da estrutura e revelou que não há "união dentro do clube".

"Fica difícil, por isso neste momento o meu lugar está à disposição do presidente", atirou o treinador, numa alusão ao ambiente interno do FC Porto.

Antes, o treinador tinha avisado que é preciso "olhar para dentro" e deixou críticas.

"É difícil trabalhar em determinadas condições. No primeiro ano foi muito difícil, sem reforços e sem dinheiro, no segundo ano houve falta de verdade desportiva e este ano foi feito sem união dentro do clube", explicou.

Antigo jogador do clube, Conceição conquistou, até agora, uma Liga portuguesa e uma Supertaça pelos portistas, conseguindo 38 vitórias em 52 jogos no primeiro ano, 42 triunfos em 57 encontros na temporada transata e, já nesta época, 25 vitórias em 34 partidas.

Sobre a final perdida, o treinador destacou a "infelicidade" de sofrer um golo na última jogada, depois de uma partida que "poderia cair para qualquer lado, com grande intensidade", dando os parabéns ao Sporting de Braga.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de