Sérgio Conceição lembra que "nada fica decidido" no jogo com AC Milan

Técnico dos dragões vincou que este adversário "é dos mais titulados do mundo".

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, vincou esta segunda-feira a importância de vencer quarta-feira os italianos do AC Milan, na terceira jornada do Grupo B da Liga dos Campeões de futebol, mas lembrou que "nada fica decidido".

"Espero é fazer um bom jogo e ganhar. À medida que nos vamos aproximando do final desta fase de grupo, para decidir quem passa, mais importantes se tornam os jogos. Mas, independentemente do resultado desta partida, nada vai ficar decidido", frisou, na conferência de imprensa de antevisão do jogo do Dragão.

O técnico dos dragões vincou que este adversário "é dos mais titulados do mundo" e assumiu que nestes grandes jogos "não é necessário um grande trabalho" na motivação do grupo, que vem de uma vitória da eliminatória da Taça de Portugal, frente ao Sintrense, do quarto escalão do futebol luso.

"Será mais difícil passar o 'chip' do Milan para o Tondela [adversário da próxima jornada da I Liga), mas isso faz parte da nossa gestão. O importante é estaremos entusiasmados e corajosos, e cada um tem de ser fiel àquilo que é a identidade da equipa. Podemos nem ganhar o jogo, mas nunca perder identidade", vincou o treinador.

No último jogo para a Liga dos Campeões, em 28 de setembro, o FC Porto foi goleado em casa pelo Liverpool, por 5-1, e Sérgio Conceição considera que "há sempre ilações a tirar de situações que correm bem ou menos bem".

"Quando defrontamos adversários que aproveitam o mínimo erro, e não precisam de muitas ocasiões para marcar, é preciso ainda mais concentração e foco. Estamos na melhor competição do mundo e temos que saber estar focados em todos os momentos", analisou o técnico.

Sobre o AC Milan, Sérgio Conceição falou de uma equipa "muito forte, que no campeonato ainda não perdeu e já jogou contra Juventus, Lazio e Atalanta", desvalorizando que ainda não tenha pontuado nesta edição da 'Champions'.

"É uma equipa fortíssima, que [na Liga dos Campeões] esteve a ganhar ao Liverpool e ao Atlético. Olhamos para os pontos fortes e fragilidades do Milan, para ausências na equipa, para as muitas individualidades e, o mais importante, para nós. Temos que ser iguais a nós próprios para equilibrar as forças, porque também temos jogadores de altíssimo nível", analisou.

O técnico do FC Porto abordou ainda a possível presença do avançado Zlatan Ibrahimovic, de 40 anos, na equipa italiana, e não se atemorizou com as qualidades do jogador sueco.

"Não sei se vai jogar, mas nenhuma equipa se pode agarrar a apenas um jogador. É uma referência no futebol mundial, assim como o Pepe e outros jogadores de muita valia e experiência. Quando o Zlatan joga, sabemos onde gosta de pisar, onde se sente confortável, o que temos de fazer para que não se sinta confortável. Gostamos sempre de defrontar os melhores do mundo", vincou Sérgio Conceição.

O técnico portista referiu ainda que o defesa central Mbemba, que tem evoluído favoravelmente de uma lesão, contraída ao serviço da seleção do Congo, "pode ser uma opção para o jogo".

O FC Porto, terceiro classificado do Grupo B, com um ponto, recebe na quarta-feira o AC Milan, quarto e último, com zero, numa partida, agendada para as 20h00, que terá arbitragem de alemão Felix Brych.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de