Golos de Toni Martínez e Taremi garantem vitória do FC Porto frente ao Fabril

Dragões apuraram-se para a quarta eliminatória da Taça de Portugal. Veja os golos.

O FC Porto eliminou o Fabril do Barreiro e apurou-se para a próxima fase da Taça de Portugal. Dois avançados, Toni Martinez, no fecho da primeiro parte e, Mehdi Taremi, no início do segundo tempo, apontaram os golos dos dragões, numa partida em que Sérgio Conceição poupou vários titulares.

Num cenário diferente da tradicional festa da Taça, Fabril e FC Porto entraram em campo no mítico estádio Alfredo da Silva onde não estava qualquer adepto nas bancadas, devido à pandemia.

A equipa do Campeonato de Portugal apadrinhou a estreia do FC Porto na prova rainha, que entrou em campo com os jogadores menos utilizados. Sérgio Conceição quis poupar os habituais titulares para o jogo frente a um adversário teoricamente mais frágil.

O encontro começou, como era de esperar, com os campeões nacionais à procura do golo. Nos minutos iniciais, Malang Sarr cruzou para a área e o iraniano Taremi esteve perto do golo, num cabeceamento que saiu ao lado da baliza da equipa do Barreiro.

Aos 10 minutos, foi a vez do outro avançado, Tony Martinez aparecer em boa posição, mas o espanhol atirou para a bancada.

Depois de um bom arranque, o FC Porto embateu na barreira defensiva do Fabril, que ia atrasando o ritmo de jogo. Durante 10 minutos, os dragões não criaram qualquer perigo junto à baliza do Fabril.

Antes do intervalo, o golo apareceu e com qualidade. O FC Porto colocou-se na frente do marcador em cima do descanso com um golaço de "chilena" de Toni Martinez. Foi em contra-ataque que os dragões surpreenderam o Fabril.

Na segunda parte, o FC Porto precisou de apenas cinco minutos para aumentar a vantagem. Jogada de entendimento entra os jogadores azuis e brancos. Filipe Anderson viu a desmarcação de Taremi, que rematou forte para a baliza do Fabril, aumentando a vantagem dos dragões na partida.

Com dois golos de vantagem, os dragões foram gerindo a vantagem e Sérgio Conceição aproveitou para rodar a equipa, fazendo várias substituições, a pensar também no jogo de quarta-feira para a Liga dos Campeões, frente ao Marselha.

A 10 minutos do final do jogo, o brasileiro Evanílson, ex-Fulminense, não conseguiu concluir, na cara do guardião do Fabril, um lance de contra-ataque conduzido por Luis Díaz.

Onze do FC Porto: Diogo Costa; Carraça, Loum, Sarr e Manafá, Felipe Anderson, Romário Baró, Otávio e Nakajima, Toni Martínez e Taremi.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de