Silas acredita nos "argumentos" do Sporting para vencer o Rio Ave

Técnico leonino destaca a equipa de Vila do Conde como "uma das melhores" da Liga Portuguesa.

O treinador do Sporting, Jorge Silas, afirmou esta sexta-feira que o Rio Ave é uma das melhores equipas em Portugal, mas acredita que os 'leões' têm argumentos para conseguir vencer o jogo da 21.ª jornada da I Liga de futebol.

"Tem um plantel com jogadores de muita qualidade e são das melhores equipas em Portugal. Estão a lutar por lugares da Liga Europa e eu acho que vão estar nessa luta até ao final. Já ganhou duas vezes ao Sporting, mas temos argumentos para ir ao Rio Ave e ganhar", disse em conferência de imprensa na Academia dos 'leões', em Alcochete.

Silas lembrou que o atual técnico do Rio Ave, Carlos Carvalhal, já foi seu treinador e afirmou que acompanha o seu trabalho, frisando que a equipa de Vila do Conde é uma das equipas que pratica um futebol "mais atrativo".

O treinador do Sporting referiu que a sua equipa já perdeu esta temporada duas vezes com o Rio Ave, mas acredita num desfecho diferente na partida de sábado.

"Respeitando muito o adversário e sabendo que vai ser um jogo difícil, mas temos as nossas armas e vamos querer ganhar. Podemos e devemos fazer mais do que nos dois jogos que perdemos", defendeu.

Jorge Silas, que revelou que Acuña continua em dúvida devido a lesão, explicou que uma das formas de condicionar o adversário é "atacar bem", garantindo que não prepara a sua equipa em função das dinâmicas do oponente.

O técnico confirmou ainda Jesé e Bolasie nos convocados, assegurando que são jogadores com quem conta para o resto da temporada.

O treinador dos 'leões' lembrou depois as ausências para a deslocação a Vila do Conde, casos de Mathieu, Vietto ou Luiz Phellype, mas não se esqueceu de Bruno Fernandes, que deixou o Sporting no mercado de 'inverno' para assinar pelo Manchester United, explicando que é necessário encontrar alternativas devido às muitas ausências.

Em relação a Benfica e FC Porto, Jorge Silas notou que os adversários têm sido mais regulares e que o Sporting tem de procurar "olhar para cima e não se deixar apanhar por quem vem atrás".

"Não fomos inferiores ao Benfica e FC Porto, não fiquei convencido de que fossem mais fortes que nós, mas são mais regulares", frisou.

Sobre as arbitragens, o treinador disse que a equipa pode, pontualmente, sentir-se prejudicada em algum jogo, mas asseverou que confia nos árbitros portugueses.

"Pontualmente podemos sentir-nos prejudicados, mas em geral não acho que a arbitragem e os árbitros sejam maus. No geral, confio nos árbitros portugueses. Podem querer condicionar, isso é outra coisa", afirmou.

Sobre o ambiente no estádio José Alvalade e os problemas entre a direção do clube e os adeptos, Jorge Silas referiu que o ideal é todos 'remarem' para o mesmo lado.

"Condeno todos os atos de violência, dentro e fora de recintos desportivos. Olhando à nossa performance em casa, não diria que tem afetado. Não foi essa a razão por que perdemos, mas se puxarmos todos para o mesmo lado as coisas ficam melhores para nós", concluiu.

O jogo entre o Rio Ave, quinto no campeonato, com 32 pontos, e o Sporting, terceiro, com 35, está agendado para sábado, às 20:30, em Vila do Conde e será arbitrado por Fábio Veríssimo (AF Leiria).

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de