FC Porto goleia Sintrense com bis de Sérgio Oliveira e Evanílson

Veja os golos. Dragões visitaram a casa "emprestada" do Sintrense em Queluz para jogarem pela primeira vez na edição 2021/2022 da Taça de Portugal.

O FC Porto estreou-se esta sexta-feira na Taça de Portugal com uma goleada de 5-0 sobre o Sintrense. Sérgio Oliveira e Evanílson bisaram, Toni Martínez marcou o último da partida.

Em Queluz, os dragões assumiram, de forma natural, o controlo do jogo desde cedo: Francisco Conceição e Pepê eram as apostas para as alas e procuraram as costas da defesa adversária nos primeiros minutos, observados de perto por Tahar - filho do defesa marroquino com o mesmo nome que jogou no Benfica nos anos 1990 - e António Alves.

Os portistas chegaram à vantagem aos 15 minutos através de um golo já habitual: Sérgio Oliveira recebeu a bola ainda fora da grande área e, "do meio da rua", atirou a contar para o 1-0. Bruno Costa gostou do que viu e, dez minutos depois, tentou fazer igual mas a bola saiu por cima.

Foi então preciso que Sérgio Oliveira repetisse: desmarcou Francisco Conceição aos 27', este permitiu a defesa de Diogo Garrido, e o médio do FC Porto apareceu no sítio e momento certos, qual ponta de lança, para encostar e fazer o 2-0, resultado que se verificou ao intervalo.

Os portistas voltaram do intervalo sem alterações e, em dez minutos, chegaram à vantagem de três golos. Sérgio Oliveira desmarcou Evanílson pelo corredor central e, no duelo com Garrido, o avançado brasileito atirou a contar para o 3-0.

O brasileiro acabaria por bisar aos 69', quando aproveitou uma enorme confusão - e um remate de calcanhar de Francisco Conceição - dentro da grande área para fazer o 4-0.

Cinco minutos depois haveria novo golo dos azuis e brancos, mas a jogada acabou por ser anulada devido a fora de jogo. Não contou dessa vez, mas valeu logo de seguida. Pepê avançou sobre a esquerda, deu para Fábio Vieira, que cruzou para Francisco Conceição, e a bola acabou por sobrar para Toni Martínez, que atirou de primeiro para o 5-0.

Onze do FC Porto: Marchesín; Manafá, Fábio Cardoso, Marcano e Wendell; Otávio, Bruno Costa, Sérgio Oliveira e Pepê; Francisco Conceição e Evanilson.

Onze do Sintrense: Diogo Garrido; Gabriel Castro, Tahar, António Alves; Martim Fonseca, Flávio Cristóvão, Danilson Tavares, Filipe Cascão; David Teles; Luís Mota, Hélio Varela

O jogo foi arbitrado por André Narciso, assistido por Paulo Brás e Marco Vieira.

Suplentes do FC Porto: Cláudio Ramos, Zaidu, João Mário, Grujić, Vitinha, Fábio Vieira e Toni Martínez

Suplentes do Sintrense: João Marreiros, Vasco Teixeira, Ricardo Caeiro, Gonçalo Pinto, Daniel Pinto, Edu Marinho, Canina

Para chegar ao duelo com um "grande", o Sintrense, oitavo classificado da Série E do Campeonato de Portugal, ultrapassou o Glória do Ribatejo (4-1) e o Macedo de Cavaleiros (empate 1-1 e vitória por 7-6 no desempate por grandes penalidades).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de