Sporting goleia Besiktas com bis de Pote e garante futuro europeu

Veja os golos. Turcos ainda não somaram qualquer ponto e já estão fora das competições europeias.

O Sporting goleou esta quarta-feira o Besiktas por 4-0 e garantiu pelo menos o terceiro lugar do Grupo C da Liga dos Campeões. Um bis de Pote e golos de Paulinho e Sarabia construíram a vitória dos leões, que beneficiaram ainda da vitória do Ajax em Dortmund por 3-1. Assim, os holandeses são líderes, com 12 pontos, seguidos de Borussia e Sporting, ambos com seis.

Feitas as contas, o Ajax já venceu o grupo e o Besiktas está fora das provas europeias, com zero pontos. O próximo jogo dos leões é crucial: uma vitória contra o Borussia pode garantir o segundo lugar do grupo.

Com apenas sete minutos, Alvalade levantou-se dos lugares. Pote desmarcou Sarabia pela esquerda, galgou terreno e cruzou para o segundo poste, onde surgiu Paulinho a rematar de primeira e ao poste. Dois minutos depois, a mesma jogada, mas desta vez o ponta de lança já rematou em esforço e Destanoglu defendeu com os pés.

E depois do azar do poste, chegou o azar das lesões. Porro apresentou queixas na perna direita e teve de dar o lugar a Ricardo Esgaio. Mas só em cima da meia hora é que os turcos conseguiram criar perigo, por Larin, que falhou a baliza por pouco. Logo de seguida, Pote conquistou penálti por ter sido empurrado pelas costas.

O próprio assumiu a marcação: bola para um lado, guarda-redes para o outro e 1-0 para o Sporting.

Estava aberta a conta. Aos 38' viu-se dentro da grande área, tirou Yilmaz do caminho e rematou para o 2-0.

E chegaria também a vez de Paulinho, ainda antes do intervalo. Esgaio lançou-o sobre a esquerda, o avançado tirou o adversário direto do caminho e rematou rasteiro e colocado para o 3-0.

Já a perder por três golos, o treinador do Besiktas, Sergen Yalçın, arriscou o que podia na segunda parte: tirou o defesa central Montero e lançou o médio ofensivo brasileiro Alex Teixeira, uma das estrelas da equipa turca. De pouco valeu.

Matheus Reis ganhou a linha de fundo e cruzou para a grande área turca. Um corte mal feito deixou a bola à mercê de Sarabia que, de primeira, fez o 4-0.

Amorim tirou, então, o pé do acelerador: Bragança e Nuno Santos para os lugares de Matheus Nunes e do ovacionado da noite, Paulinho. Depois começou a gestão: Vinagre e Jovane para os lugares de Matheus Reis e Pote.

O Besiktas acabaria o jogo com apenas dez jogadores em campo: Souza viu o segundo amarelo aos 90+1'.

Onze do Sporting: Adán, Porro, Gonçalo Inácio, Coates, Feddal, Matheus Reis, Palhinha, Matheus Nunes, Sarabia, Pote e Paulinho

Onze do Besiktas: Destanoglu; Uysal, Welinton, Montero e Yilmaz; Mehmet Topal, Hutchinson e Souza; Ghezzal, Karaman e Larin

O árbitro é o russo Sergei Karasev, assistido por Igor Demeshko e Maksim Gavrilin. No VAR está Juan Martínez Munuera

Suplentes do Sporting: André Paulo, Virgínia, Tabata, Jovane, Nuno Santos, Luís Neto, Ugarte, Vinagre, Esgaio e Bragança

Suplentes do Besiktas: Günok, Uçan, Ozyakup, Töre, Bozdogan, N'Sakala, Saatçi, Meras e Alex Teixeira

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de