Sporting condena divulgação de imagens de Bruno Fernandes

A expulsão do capitão do Sporting no Bessa continua a dar que falar.

O Sporting condenou na sexta-feira a divulgação de imagens do futebolista Bruno Fernandes a pontapear uma porta no Estádio do Bessa, considerando que foi um "momento de revolta e frustração" do capitão, após a expulsão frente ao Boavista.

"O Sporting condena veementemente a disponibilização gratuita e abusiva de imagens do nosso capitão, internacional português, melhor jogador da Liga nos últimos dois anos e o médio mais goleador da Europa. Bruno Fernandes é um símbolo do Sporting e já reconheceu o erro, fruto de um momento de revolta e frustração", lê-se em comunicado do clube lisboeta.

O sistema de videovigilância captou imagens, divulgadas pela CMTV, em que se vê o médio do Sporting a pontapear uma porta nas instalações do recinto portuense, depois de ter sido expulso ao minuto 90+1 no jogo da quinta jornada da I Liga, que o Sporting perdeu por 3-2.

"O Sporting relembra que a cedência de imagens de videovigilância é punida por lei, e tudo fará para responsabilizar quem, de forma direta ou indireta, as tornou públicas ilicitamente. O Sporting sabe que a cedência destas imagens não foi inocente, e utilizará todos os meios ao seu dispor, para que o prevaricador seja punido", completam os 'leões'.

Na sequência da expulsão, Bruno Fernandes foi suspenso por um jogo e vai estar ausente da receção ao Famalicão, líder do campeonato, na segunda-feira, no encerramento sexta jornada.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de