Da Horta de Ricardo nasceu a vitória do Braga sobre o Estoril

Sporting de Braga vence Estoril Praia por 2-0 e reforça o quarto lugar. Veja os golos.

O Sporting de Braga venceu este domingo o Estoril Praia, por 2-0, em jogo da 13.ª jornada da I Liga, e consolidou o quarto lugar no campeonato, aproximando-se do Benfica, que é terceiro.

Depois de um penálti falhado, Ricardo Horta redimiu-se e aos 34 minutos inaugurou o marcador depois de uma grande jogada que envolveu Iuri Medeiros e Vitinha, que fez a assistência para o capitão arsenalista com classe, em passe curto.

Seis minutos antes do intervalo, uma combinação entre Vitinha e Iuri Medeiros culmina com um passe para o camisola 21, Ricardo Horta, que acaba novamente por rematar sem hipótese para o guarda-redes Thiago.

Com este triunfo, o segundo consecutivo no campeonato, o Sporting de Braga está em quarto, com 25 pontos, a seis do Benfica, que é terceiro, enquanto o Estoril Praia, que não perdia na I Liga há seis jogos, é quinto, com 21.

Apitou Gustavo Correia. Rola a bola na Pedreira. Aos 10 minutos, Thiago, com o pé esquerdo, evitou o golo de Ricardo Horta. Foi a primeira oportunidade de golo do jogo e foi para o Sporting de Braga. Em resposta aos 15 minutos, a equipa da linha cria perigo, mas o lance acaba com um jogador caído na grande área e o Estoril Praia fica a pedir grande penalidade. O árbitro nada assinala.

Logo a seguir, Joãozinho impede o remate de Iuri Medeiros e consegue que um lance de perigo termine num pontapé de baliza. Seis minutos depois, falta para penálti sobre Yan Couto. O lance foi analisado pelo VAR, que confirmou a grande penalidade. Ricardo Horta é chamado a converter, bate de pé direito e Thiago defende! O Braga desperdiça o penálti.

Aos 32 minutos, Matheus fez uma grande defesa. A bola sobrou para Rui Fonte que bateu com muita força, mas a bola foi contra a malha lateral. Um minuto depois, um trabalho magistral da equipa arsenalista levou ao primeiro golo, assinado por Ricardo Horta, que apareceu no sítio certo e só precisou de um desvio subtil.

Com uma jogada com exatamente os mesmos três protagonistas, Ricardo Horta bisou na partida aos 39 minutos. Desta vez foi assistido por Iuri Medeiros.

Intervalo!

Já rola a bola na Pedreira. Aos 64 minutos, Lucas Mineiro é expulso depois de ver o segundo cartão amarelo. O Braga fica reduzido a dez jogadores. Cinco minutos depois, Chiquinho tentou pôr a bola por cima de Matheus, mas o guarda-redes do Braga esteve muito bem e evitou o golo do Estoril.

Aos 77 minutos, o gigante Matheus a negar mais uma vez o golo, que parecia certo, da equipa do Estoril. A entrar nos últimos cinco minutos da partida, Romário Baró remata contra o poste.

Terminou o jogo na Pedreira.

Onze do Sporting de Braga: Matheus; Paulo Oliveira, Raúl, Diogo Leite; Yan Couto, Lucas Mineiro, André Horta, Moura; Iuri Medeiros, Ricardo Horta, Vitinha.

Onze do Estoril: Thiago; Carles Soria, Ferraresi, Patrick William, Joãozinho; Rosier, André Franco, Francisco Geraldes; Arthur, Xavier, Rui Fonte.

Suplentes do Braga: Tiago Sá, Fabiano, Bruno Rodrigues, Chiquinho, Gorby, Abel Ruiz, Piazon, Mario González, Roger.

Suplentes do Estoril: Dani Figueira, Volnei, David Bruno, Rodrigo Valente, Bruno Lourenço, Gamboa, Romário Baró, Chiquinho, André Clóvis.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de