Sporting de Braga vence em Penafiel e lidera grupo A

Os bracarenses foram sempre melhores, mais perigosos e agressivos. Venceram por 3-1.

O Sporting de Braga venceu esta segunda-feira em casa do Penafiel, da II Liga, por 3-1, e assumiu a liderança do grupo A da Taça da Liga de futebol, em jogo da segunda jornada. Os bracarenses foram sempre melhores, mais perigosos e agressivos, e ajudou terem chegado à vantagem logo aos dois minutos, por Rui Fonte, com Pablo, aos 18, a fazer o segundo, nos dois casos tirando partido de alguma apatia defensiva dos penafidelenses.

Ricardo Horta, aos 67 minutos, marcou o terceiro dos minhotos, antes de Alan Schons, aos 72, reduzir para o Penafiel, fixando o resultado final. A vantagem da formação minhota só não foi mais desnivelada devido a um punhado de grandes defesas até ao intervalo de Luís Ribeiro, hoje chamado a defender a baliza do Penafiel, num setor defensivo que contou com Capela adaptado a defesa direito.

A estratégia das duas equipas ficou condicionada pelo golo madrugador de Rui Fonte, logo no primeiro ataque dos bracarenses, aproveitando a apatia dos defesas locais, incapazes de tirar a bola da sua área, num lance iniciado e, depois, concluído à direita.

O Braga conseguiu desbloquear o jogo aos dois minutos, mas a equipa nunca dormiu à sombra desta vantagem, mantendo sempre, de forma mais evidente no primeiro tempo, uma intensidade, agressividade e rapidez, com e sem bola, acima do seu opositor, o que, aliado à sua melhor qualidade, concorreu para uma clara superioridade e inúmeras oportunidades de golo.

Valeu ao Penafiel o guarda-redes Luís Ribeiro, apenas impotente para impedir o segundo golo bracarense, por Pablo, aos 17 minutos, em mais um lance de apatia da defensiva rubro-negra, ao permitir que a bola circulasse na sua área, falhando na marcação ao defesa dos minhotos.

Os locais até mostravam qualidade no ataque, mas os restantes setores, exceção feita a Luís Ribeiro, não acompanhavam, dificultando uma estratégia que levou um novo rombo aos 67 minutos, quando Ricardo Horta anotou o terceiro golo do Braga, num lance de contra-ataque que envolveu ainda Rui Fonte e Galeno, a partir de uma perda de bola a meio campo de Alan Schons.

O médio brasileiro do Penafiel, que tinha entrado pouco tempo antes, redimiu-se aos 72 minutos, ao marcar o tento de honra da formação da II Liga, após um canto em que a defesa bracarense facilitou nas marcações.

Com este triunfo, o Braga lidera o Grupo A, com três pontos, seguido por Marítimo e Paços de Ferreira, ambos com um, com o Penafiel em quarto, ainda sem pontuar.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de