Sporting vence FC Porto e empata final do campeonato de hóquei em patins

Leões foram para o intervalo a perder mas acabaram por conseguir garantir o triunfo.

O Sporting venceu esta quinta-feira o FC Porto, por 6-3, no segundo jogo da final do campeonato nacional de hóquei em patins, numa partida em que foi para o intervalo a perder, mas conseguiu dar a volta no segundo tempo.

Com este triunfo no segundo jogo, o Sporting empata a final a um jogo, depois da vitória portista no primeiro jogo, no Dragão Caixa. No encontro de hoje, Gonçalo Alves abriu o marcador para os 'dragões' aos cinco minutos e Reinaldo Garcia ampliou para 2-0 antes do intervalo.

Na segunda parte, o Sporting entrou determinado a contrariar o ascendente portista da primeira parte e Nolito Romero, com um bis, e Toni Pérez, colocaram o resultado em 3-2 para os 'verde e brancos'. Nolito voltou a marcar, no 4-2, assim como Toni Pérez (5-2), com Gonçalo Alves a bisar também ao fazer o 5-3 para o FC Porto. O golo que fechou o jogo voltou a pertencer ao Sporting, com Verona a fazer o 6-3 final.

Motivado pelo triunfo no primeiro jogo do 'play-off', por 3-1, o FC Porto entrou na pista do João Rocha com um jogo mais sereno. Coeso na defesa e atacando pela certa, em jogadas pensadas, os 'dragões' chegaram à vantagem no quinto minuto, numa jogada de Gonçalo Alves, que depois de rodar na área leonina bateu Girão com um remate em jeito.

O Sporting respondeu com uma bola no poste por Verona e depois foram os guarda-redes, de um lado e de outro, a impedirem o marcador de voltar a mexer.

Mais voltado para o ataque, o Sporting assumiu as despesas do jogo, encostou o FC Porto atrás, mas a equipa de Cabestany pareceu sempre confortável nesse papel e sempre que podia espreitava o ataque.

Num desses lances, depois de uma perda de bola dos 'leões' a meio-campo e de criar superioridade na saída para o ataque, o FC Porto chegou ao 2-0, por Reinaldo Garcia, materializando no marcador a maior lucidez dos portistas no primeiro tempo.

O Sporting 'apertou' o FC Porto no início da segunda parte e os resultados não demoraram a surgir. Ferran Font falhou a oportunidade de marcar o primeiro dos 'leões' num livre direto a que Malián se opôs com categoria, mas pouco depois Nolito não perdoou e, num remate de meia distância, fez mesmo o 2-1 para os campeões europeus.

O argentino esteve numa tarde inspirada e já dentro dos dez minutos finais fez o empate a dois golos, mais uma vez num remate de meia distância que Malián não conseguiu parar.

O FC Porto abanou e os 'leões' aproveitaram o desnorte dos 'dragões' para concretizar a reviravolta, desta feita por Toni Pérez, numa concretização de costas para a baliza que fez a bola entrar vagarosamente na baliza portista.

O Sporting embalou em definitivo para a vitória com o terceiro golo no jogo de Nolito. Na cobrança de um livre direto, a castigar a décima falta 'azul e branca' no encontro, o argentino não deu hipótese a Malián e fez o 4-2, com um remate forte.

Com o Sporting na liderança com dois golos de vantagem e o relógio a aproximar-se do apito final, o jogo partiu-se e a equipa de Paulo Freitas fez o 5-2 por Toni Pérez, com o FC Porto completamente desorientado.

Um livre direto, exemplarmente cobrado por Gonçalo Alves, ainda permitiu ao FC Porto sonhar com voltar a discutir o resultado ao fazer o 5-3, mas o Sporting respondeu quase de imediato, com Verona a faturar pela primeira vez no encontro e a fazer o 6-3 final, depois de uma brilhante arrancada individual.

As duas equipas voltam a encontrar-se no próximo domingo, no Dragão Caixa, para o terceiro jogo da final do 'play-off' do campeonato nacional de hóquei patins.

Jogo disputado no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Sporting - FC Porto, 6-3.

Ao intervalo: 0-2.

Marcadores:

0-1, Gonçalo Alves, 05 minutos.

0-2, Reinaldo Garcia, 24.

1-2, Nolito Romero, 30.

2-2, Nolito Romero, 41.

3-2, Toni Pérez, 42.

4-2, Nolito Romero, 46.

5-2, Toni Pérez, 46.

5-3, Gonçalo Alves, 46.

6-3, Verona, 47.

Sob a arbitragem de Ricardo Leão e Miguel Guilherme, as equipas alinharam:

- Sporting: Ângelo Girão, João Souto, Telmo Pinto, Matias Platero e Pedro Gil. Jogaram ainda: Nolito, Ferran Font, Alessandro Verona e Toni Peréz.

Treinador: Paulo Freitas.

- FC Porto: Xavi Malián, Rafa, Xavi Barroso, Reinaldo Garcia e Gonçalo Alves. Jogaram ainda: Ezequiel Mena, Giulio Cocco, Carlo Di Benedetto.

Treinador: Guillem Cabestany.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Toni Pérez e Ferran Font. Cartão azul para Gonçalo Alves.

Assistência: jogo disputado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de