Tenista João Sousa regressa ao top 100 mundial quase um ano depois

O português venceu o quarto título ATP, depois de ter ganho em Kuala Lumpur (2013), Valência (2015) e o Estoril Open (2018).

O tenista português João Sousa voltou esta segunda-feira, quase um ano depois, a integrar o top 100 do ranking mundial, graças ao quarto título ATP, conquistado domingo no torneio de Pune, frente ao finlandês Emil Ruusuvuori.

O vimaranense, de 32 anos, figurava no 137.º lugar na hierarquia ATP e, após a vitória na Índia, ascendeu à 86.ª posição da tabela, liderada pelo sérvio Novak Djokovic, logo seguido do russo Daniil Mededev e do alemão Alexander Zverev, que perdeu domingo a final do ATP 250 de Montpellier diante o cazaque Alexander Bublik.

"Estou muito feliz por voltar ao top 100. Só percebi depois que tinha voltado ao top 100, o Frederico [Marques, treinador] disse-me, e claro que estou muito contente por estar de volta à elite do ténis mundial", confessou o minhoto, que juntou aos triunfos em Kuala Lumpur (2013), Valência (2015) e Estoril Open (2018) ao do ATP 250 de Pune.

Depois de ter saído em 01 de março de 2021 dos primeiros 100 do mundo, João Sousa contabiliza esta temporada 292 pontos e ocupa o 20.º lugar na Corrida para Turim, o ranking de apuramento para o Masters do ATP, reservado aos oito melhores jogadores.

Numa semana em que o top 10 mundial não regista qualquer alteração, Pedro Sousa subiu ao 168.º posto, ao passo que Nuno Borges desceu ao 192.º. Abaixo dos 200 melhores, seguem Gastão Elias (203.º), Frederico Silva (222.º), João Domingues (253.º) e Gonçalo Oliveira (275.º).

A hierarquia WTA, por sua vez, continua a ser liderada pela australiana Ashleigh Barty, à frente da bielorrussa Aryna Sabalenka e da checa Barbora Krejcikova, segunda e terceira classificadas, respetivamente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de