Tenista norte-americano foge de hotel russo após teste positivo à Covid-19

Antes que fosse submetido a um novo teste, Querrey abandonou o território russo a bordo de um avião privado.

O tenista norte-americano Sam Querrey fugiu de um hotel em São Petersburgo, na Rússia, depois de ter testado positivo por duas vezes para a infeção com Covid-19, embarcando num jato privado com a família.

Querrey ia participar no Open de São Petersburgo, mas a organização do evento anunciou esta quinta-feira que o jogador embarcou num jato privado com a família sem que tenha avisado a receção do hotel ou a organização do torneio.

A organização do torneio ATP explica que Querrey e a família testaram positivo a 11 de outubro, com resultados confirmados num segundo teste, e ficaram confinados numa unidade hoteleira, com a recomendação, por parte das autoridades, de exames médicos a todos.

O tenista, número 49 do Ranking ATP, ia ser transferido para um apartamento depois de ter recusado permanecer em isolamento num hotel mas acabou por abandonar a Rússia na madrugada de terça-feira, antes de tal acontecer.

O Open de São Petersburgo vai ser disputado este ano, pela primeira vez, na categoria ATP 500, contando com público a 50 por cento na Sibur-Arena.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e noventa e três mil mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.128 em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de